O poder da gratidão é uma das melhores maneiras para encontrar sucesso, satisfação e felicidade nos dias atuais. Quando se aprende a apreciar a vida, em todos os seus aspectos, é possível fazer uma reflexão sobre quem a pessoa é, o que é importante em sua jornada e o que a motiva a levantar da cama todos os dias.

Os dias raramente ocorrem de acordo com o planejado. São muitos os desafios inesperados, mas, a partir do momento que se presta atenção nas pequenas coisas da vida, e, principalmente, valorizar elas, a pessoa consegue entrar em um estado de espírito positivo, conseguindo afastar muitos problemas psicológicos e adquirindo mais inteligência emocional.

Por isso, neste artigo, pretendo apresentar o poder do conceito de gratidão. A intenção é demonstrar como ela traz benefícios muito além da saúde mental. Vamos lá?

Quais os benefícios da gratidão?

Segundo pesquisa publicada na Journal of Personality and Social Psychology, revista da Associação Americana de Psicologia, a gratidão tem efeitos não apenas sobre o bem-estar psicológico, mas também benefícios físicos. De forma geral, a gratidão está associada a:

  • Maior felicidade e otimismo;
  • Relacionamentos duradouros;
  • Melhor saúde física e mental;
  • Motivação diária;
  • Menos dores físicas;
  • Sistema imunológico fortalecido;
  • Diminuição da pressão arterial;
  • Mais atenção e determinação;
  • Maior generosidade;
  • Empatia;
  • Bem-estar físico, emocional e social;
  • Dormir melhor; e
  • Aumento da autoestima.

Desacelerar e viver em um estado em que a pessoa se torna mais presente e consciente daquilo que lhe faz feliz, permite que ela se sinta mais alegre, afastando o sentimento de tristeza. Mas, para isso, é preciso praticá-la regularmente.

A gratidão é um traço de personalidade, mas também uma habilidade. Algumas pessoas têm personalidades mais agradecidas do que outras. No entanto, com a prática diária, qualquer um pode experimentar o aumento e duração dos sentimentos positivos gerados.

Qual a dificuldade de se sentir grato?

Um dos principais fatores que impedem uma pessoa de ser grata é porque, simplesmente, ela parou de prestar atenção nas coisas boas que ocorrem em sua rotina. A vida turbulenta e acelerada do mundo moderno faz com que as pessoas percebam mais facilmente os imprevistos que atrapalham o seu dia e esqueçam daquelas coisas boas, mesmo que pequenas, que lhes enche de felicidade.

Além disso, com uma cultura de consumo enraizada na sociedade, é natural que o indivíduo reconheça apenas aquilo que ele não tem, e não se importe com as coisas que já possui. Por isso, é um desafio derrubar barreiras da gratidão para aquilo que a pessoa conquistou e como se conectar mais plenamente com os sentimentos de apreço.

Por mais que a vida seja cheia de imprevistos, é preciso abandonar o sentimento de fracasso e praticar o pensamento do lado bom das coisas. Se algo ocorreu, ela deve ser vista como uma oportunidade de aprendizado. Se algo incomoda você, é porque ainda é preciso aprender a lidar com essa determinada situação.

Vale lembrar que o conceito de gratidão não é um simples obrigado por algo que alguém lhe fez. Ele vai muito além disso e envolve muito mais uma reflexão e valorização de atos positivos que ocorrem no dia a dia do nosso cotidiano.

Qual a melhor maneira de cultivar a gratidão?

Geralmente, a maneira mais comum para cultivar a gratidão é mantendo um “diário de gratidão” ou “diário positivo”, registrando as experiências pelas quais se é grato. A ideia é escrever de três a cinco experiências positivas no dia a dia.

Com ele, é possível perceber coisas positivas que ocorrem diariamente e que muitos nem notam, como, por exemplo, uma conversa agradável, uma boa xícara de café ou ajudar alguém com algum problema.

Fazer esses registros aumentam o entusiasmo, determinação e energia, especialmente quando comparado com aqueles que focam apenas nos eventos negativos que ocorrem no cotidiano.

Outro exemplo é afastar os pensamentos negativos por meio da meditação, dizer obrigado mais vezes para aqueles ao seu redor e evitar fofocar, reclamar ou julgar as pessoas. Quanto mais você pratica, mais caminhos neurais são criados, treinando o cérebro para desenvolver uma visão mais grata.

Outra maneira poderosa de construir positividade é por meio da psicoterapia. Ao se tornar mais consciente de seus sentimentos, o psicólogo ajuda a cultivar os atributos pessoais que fortalece o paciente durante os momentos de adversidade e turbulência emocional, levando a uma maior felicidade e resiliência.

Dessa forma, o poder da gratidão tem o potencial de melhorar o bem-estar mental, físico e relacional. Ser grato no dia a dia otimiza a experiência geral de felicidade, e esses efeitos tendem a ser duradouros por muito tempo.

E você, já conhecia o poder da gratidão? Está enfrentando dificuldade em reconhecer as coisas boas que ocorrem na sua vida? Entre em contato e marque uma consulta!