Assim como um adulto, toda criança tem seus altos e baixos emocionais, com períodos de mal-estar, ansiedade e dificuldades sociais. Saber quando um filho precisa de um psicólogo é fundamental, pois, quanto mais cedo ele recebe tratamento, mais fácil será ajudá-lo.

Entretanto, arrastar uma criança relutante para a terapia só porque alguém morreu, você se mudou ou está se separando do seu esposo não é o mais indicado.

Então, como saber se seu filho está realmente lutando com algo mais sério? Quando procurar ajuda profissional? Continue a leitura para saber como identificar se uma criança precisa de um psicólogo!

Quando meu filho precisa de um psicólogo?

Alguns comportamentos de mau-humor, problemas com os amigos ou queda no rendimento na escola é comum em qualquer criança. Esses desafios são normais e fazem parte do desenvolvimento infantil. Na maioria dos casos, se você oferecer suporte, sensibilidade e paciência, seu filho poderá mudar de perspectiva ou aprender novas habilidades por conta própria.

Muitas vezes, as crianças só precisam saber que são ouvidas e compreendidas. Entretanto, o que parece ser uma dificuldade normal na infância pode, às vezes, se transformar em algo mais sério na vida adulta.

Entre os principais sinais de aviso de que seu filho pode precisa de um aconselhamento profissional incluem:

  • Queda significativa e inexplicável das notas na escola;
  • Mudança repentina no padrão de alimentação;
  • Dificuldade para dormir ou pesadelos constantes;
  • Consumo de álcool ou drogas;
  • Sentimentos constantes de tristeza, desesperança ou raiva;
  • Preocupação com a sua própria aparência;
  • Isolamento da família ou amigos;
  • Incapacidade de ficar quieto;
  • Rotinas obsessivas como lavar as mãos ou limpar coisas;
  • Participar de atos violentos, como atear fogo ou matar animais;
  • Preocupação excessiva com o futuro;
  • Fazer algum tipo autoagressão; 
  • Falar explicitamente sobre suicídio; e
  • Entre outros.

Um pai conhece seu filho melhor do que ninguém. Portanto, se algo não parece certo, confie nesse instinto e busque ajuda

Como funciona a psicoterapia infantil?

Algumas crianças têm as habilidades que precisam para lidar com problemas do dia a dia. Outras crianças não têm. Portanto, se o comportamento de seu filho está causando problemas na escola ou está atrapalhando seriamente sua vida familiar, é importante procurar ajuda de um psicólogo clínico. Um comportamento disruptivo, explosivo ou perigoso pode ser gerado por ansiedade, trauma ou frustração.

Depois de entender o que está por trás do comportamento do seu filho, a psicoterapia ajuda a criança a aprender como controlar os sentimentos dela. Os pais também receberão dicas sobre como responder quando seu filho está frustrado.

Uma relação de trabalho positiva entre uma criança e seu psicólogo é a base da terapia eficaz. A maioria das crianças demonstra algum tipo de resistência à terapia. Muitas vezes, elas estão tentando evitar constrangimentos, pensar em eventos desagradáveis ou se meter em encrencas. Mas, quando desenvolvem um relacionamento positivo com seu psicólogo, geralmente ficam mais confortáveis em participar de atividades terapêuticas e discussões.

Uma psicoterapia é um processo progressivo que muitas vezes se move mais lentamente do que os pais gostariam. Mas, por mais demorado que seja o ritmo, a terapia ajudará o seu filho a alcançar os objetivos do tratamento.

Dessa forma, não hesite em falar com um psicólogo se o seu filho parece estar com um problema. Identificar se ele precisa de um psicólogo pode ajudá-lo a superar melhor as questões com as quais está lidando e proporcionar uma infância mais feliz e saudável.

Em suma, se você tem alguma dúvida Tudo Bem Buscar Ajuda.

E você, está em dúvida se seu filho precisa de um psicólogo? Entre em contato comigo e esclareça as suas dúvidas!