Na atualidade, os relacionamentos tóxicos estão cada vez mais comuns e as pessoas estão ficando presas em relações que não são saudáveis, que não trazem nenhum tipo de qualidade de vida para os envolvidos.

Por isso, é fundamental perceber o que é um relacionamento tóxico para descobrir se você está em um deles, além de compreender a importância de cultivar relações positivas em nossas vidas.

Pensando nisso, separei algumas reflexões importantes a respeito dos relacionamentos para que você possa encontrar todas as respostas que você precisa a respeito do seu atual ou futuro relacionamento. Acompanhe!

O que é um relacionamento tóxico?

De maneira geral, pode-se dizer que o relacionamento tóxico é aquele que te faz sentir mal, que te impede de crescer como pessoa e que te prende ao passado. É um relacionamento que não evolui e faz apenas com que você se sinta preso ao namoro ou casamento.

Esse tipo de relacionamento é aquele em que ocorre muito ciúmes, em que as pessoas não possuem liberdade e a cobrança pelo outro acaba sendo cada vez maior. Assim, um depende do outro para tudo.

Sendo um relacionamento em que não existe mais a troca, e os sentimentos ficam confusos. É comum que em relacionamentos tóxicos as pessoas fiquem apenas acostumadas com a relação.

 

Relacionamento tóxico vs. relacionamento saudável

Um relacionamento tóxico é uma relação caracterizada por comportamentos por parte do parceiro tóxico que são emocionalmente e fisicamente prejudiciais ao outro. Enquanto um relacionamento saudável contribui para a nossa autoestima e energia emocional, um relacionamento tóxico prejudica a autoestima e drena a energia da vítima.

Um relacionamento saudável envolve carinho mútuo, respeito e compaixão, bem como interesse no bem-estar e crescimento do parceiro. Ou seja, um desejo compartilhado pela felicidade um do outro. Este é um relacionamento em que você pode ser você mesmo, sem medo, com conforto e segurança.

Um relacionamento tóxico, por outro lado, não é um lugar seguro. Uma relação tóxica é caracterizada por egocentrismo, dominação, controle. A pessoa pode arriscar o seu próprio ser, permanecendo em tal relacionamento.

A má notícia é que você não pode mudar seu parceiro tóxico. A boa notícia é que você pode mudar a si mesmo, o que pode levá-lo a se comportar de maneira diferente, fazendo com que ele decida mudar um comportamento tóxico.

Entretanto, qualquer relacionamento que envolva violência física ou abuso de substâncias é, por definição, extremamente tóxico e requer intervenção imediata. Embora essas relações não sejam necessariamente irreparáveis, elas são muito destrutivas. Se você está em tal relacionamento, procure ajuda de um psicólogo.

Quem possui a tendência de buscar esse tipo de relação?

Muitas pessoas buscam por um relacionamento tóxico sem ao menos perceber isso. Mas, no geral, quem busca esse relacionamento são pessoas dependentes das outras ou até mesmo pessoas que sentem que no fundo merecem sofrer. Assim, o relacionamento passa a ser uma forma de punição.

Além disso, pessoas dependentes acabam tendo maior dificuldade em terminar o relacionamento ou até mesmo perceber que ele é um relacionamento tóxico, justamente por ser emocionalmente dependente do outro.

É possível evitar um relacionamento tóxico

Para evitar um relacionamento tóxico é fundamental saber selecionar a pessoa com a qual você irá se relacionar. Normalmente, aquelas pessoas que são mais dependentes no início da relação, que são muito apegadas, ciumentas, que buscam provas de amor a todo momento, são também pessoas propensas a desenvolver um relacionamento tóxico.

Portanto, para evitar um relacionamento assim, é preciso conhecer bem a pessoa com quem você irá oficializar a relação. Assim será possível diminuir significativamente os problemas no futuro.

É preciso ter em mente que um relacionamento saudável também pode se tornar tóxico. Para evitar isso, é preciso passar a focar cada vez mais na qualidade do relacionamento, evitando cair na rotina e buscando formas saudáveis de conviver com o outro.

Sinais de um relacionamento tóxico

Saber que uma relação é tóxica é vital para se autoproteger. Nem todos os relacionamentos tóxicos são fáceis de abandonar, mas ter consciência dos sinais tornará mais fácil reivindicar seu poder e definir o que você espera da relação.

Todas as pessoas podem apresentar algum ou outro comportamento tóxico, mas isso não torna a relacionamento tóxico. Uma relação tóxica é definida pela consistência, intensidade e dano. Por isso, aqui estão alguns dos sinais!

1. Você evita dizer o que está precisando

Todas as pessoas têm as suas próprias necessidades dentro de um relacionamento. Algumas delas são conexão, validação, apreciação, amor, sexo, carinho. Entretanto, quando essas necessidades são ridicularizadas ou ignoradas pelo parceiro, a pessoa sofre com um vazio dentro de si.

Se as suas tentativas de falar sobre o que você precisa acaba em uma briga, uma promessa vazia, acusações de carência, insegurança ou ciúmes, no fim, você deixará de lado a sua necessidade ou sofrerá dia após dia por ela continuar sendo ignorada. De qualquer forma, é uma relação tóxica.

2. Não há esforço para estar juntos

Fazer as coisas separadamente às vezes é saudável, mas se isso se torna frequente, a relação não vai bem. Quando o parceiro não faz nenhum esforço para passar um tempo com você, para compartilhar as coisas que são importantes na sua vida, o relacionamento deixa de ser saudável e passa a ser tóxico.

3. Você sustenta a relação

Ninguém consegue manter um relacionamento sozinho. Além de solitário, é muito cansativo. Deixe de lado a fantasia de que você pode melhorar as coisas se você se esforçar, trabalhar duro, dizer ou fazer algo. Simplesmente pare de fazer isso, pois você é o suficiente da forma que é.

4. O seu “não” é desrespeitado

Relacionamentos saudáveis consistem em respeitar as necessidades e desejos de ambas as pessoas. Comunicar o que quer é tão importante para você e para o relacionamento quanto comunicar o que não quer. Um parceiro saudável vai respeitar que você não concorde com tudo o que ele diz ou faz. Se você é aceito apenas quando está dizendo “sim”, provavelmente, é hora de dizer “não” ao relacionamento.

5. Você recebe ameaças de término

Uma simples discussão, com os sentimentos a flor da pele, não deve ser motivo de separação. Dessa forma, ameaças de fazer uma pausa ou terminar o relacionamento não vão resolver um desentendimento e eles são sinais de um relacionamento tóxico. A pessoa tóxica pode usar de ameaças para convencer o parceiro a aceitar suas opiniões e regras. No entanto, essa prática só prejudica a segurança da relação.

6. Os seus erros são relembrados regularmente

Até mesmo os parceiros mais amorosos e comprometidos fazem coisas ofensivas e estúpidas. No entanto, quando essas coisas são trazidas do passado, diversas vezes, isso vai lentamente destruindo o relacionamento. Relembrar os seus erros do passado é uma maneira de controlar, manipular e fazer você se sentir culpado. Relacionamentos saudáveis alimentam seus pontos fortes. Os tóxicos concentram-se nas suas fraquezas.

Às vezes, a toxicidade cresce e pode cegar uma pessoa. Quando você percebe, é tarde demais. O custo de sair pode parecer muito alto ou haver opções limitadas. É importante fazer sacrifícios, mas se o relacionamento está afetando a sua felicidade, autoestima e respeito próprio é hora de repensar a sua relação. Você merece prosperar e ser feliz.

Como terminar um relacionamento tóxico

Uma das coisas mais difíceis é perceber que o seu relacionamento é tóxico. Isso geralmente demora para ocorrer e só é visto pela pessoa quanto ela já sofreu muito. Portanto, o mais importante é perceber que o relacionamento está com problemas.

Existem alguns relacionamentos tóxicos que podem melhorar. Mas, para isso, é preciso que se tenha um esforço em conjunto, pois os dois precisam lutar para modificar isso.

Mas também existem momentos que não é possível modificar a relação, sendo necessário pôr um fim a ela. Isso pode ser muito difícil, mas o fundamental é tomar a decisão e se afastar da pessoa, de todas as formas possíveis, para demonstrar realmente que a relação chegou ao fim. Assim, com o tempo, você passa a se recuperar dessa relação que te fez tão mal.

Então, é preciso ter em mente que a relação tóxica existe e é preciso ficar atento para não conviver com uma pessoa que só traga sentimentos negativos. Por isso, é tão importante saber selecionar o parceiro e buscar maneiras para melhorar e aprimorar os relacionamentos, evitando que eles virem tóxicos.

 

Ainda está em dúvida se você está em um relacionamento tóxico? Precisa de aconselhamento para manter um relacionamento saudável com seu parceiro? Agende sua consulta clicando aqui! Até a próxima!

Deixe um comentário