Pular para o conteúdo

Para quem quer aprender como ser mais produtivo, mas não sabe por onde começar

Antes de você se aventurar em como ser mais produtivo, a primeira coisa que é preciso entender é que você precisa ser gentil com você mesmo e com seus erros.

Por mais que você queria maximizar a sua produtividade, todos nós temos um limite, tanto físico quanto mental.

Minha intenção aqui é indicar hábitos que podem ajudar você a ter mais foco e concluir as suas tarefas de forma mais rapidamente.

Assim, você terá mais tempo livre para estudar, ficar com a família ou relaxar após um dia de trabalho.

Dito isso, deixe a procrastinação de lado e vamos às dicas de produtividade.

1. Faça uma lista de tarefas realista

Programar a semana e fazer uma lista de tarefas ajuda você a economizar energia na realização do seu trabalho, sem ficar se preocupando de não esquecer nada ou ter que escolher o que fazer primeiro.

Entretanto, mais importante do que fazer uma lista de coisas a fazer é não se sobrecarregar.

Não adianta estipular 20 tarefas em um dia, sendo que você tem tempo para executar apenas 5.

Algumas tarefas são rápidas e outras levam muito tempo para concluí-las.

Por isso, equilibre as tarefas diárias, intercalando entre as rápidas e as longas durante o dia e o restante da semana.

Caso contrário, a frustração de não conseguir concluir a lista pode levar você de volta à procrastinação.

2. Faça uma coisa por vez

Só porque o seu computador ou celular pode fazer várias coisas ao mesmo tempo isso não significa que você tenha que fazer o mesmo.

Escolha uma tarefa e concentre-se nela até concluí-la.

Executar várias coisas ao mesmo tempo pode deixar a sua mente e corpo mais cansados, reduzindo a sua produtividade.

Isso também vale para conversas paralelas ou utilizar redes sociais.

Nada de fazer pausas para rolar feed no Instagram. Isso acaba apenas distraindo a sua atenção no trabalho, além de perder tempo precioso para concluir tarefas.

3. Compartilhe tarefas

Reflita: todas as tarefas da sua lista só podem ser executadas exclusivamente por você?

Já pensou na possibilidade de pedir ajuda para outros membros da equipe ou mesmo delegar totalmente a tarefa para outra pessoa.

Muitas vezes, as pessoas querem dar uma de “super herói” no trabalho, seja por estar com uma promoção à vista, querer impressionar o chefe para um aumento de salário ou apenas por medo de pedir ajuda aos outros.

Querer fazer tudo só o levará ao esgotamento físico e mental, o que pode atrapalhar no desenvolvimento da carreira profissional.

Por isso, faça um apanhado das tarefas que você executa no dia a dia e foque apenas naquelas que são realmente importantes para atingir os seus objetivos.

4. Descubra o período do dia que você tem mais energia

Alguns são mais produtivos logo pela manhã. Outros apenas no meio da tarde. Tem ainda aqueles que preferem a noite, ou mesmo a madrugada.

Isso varia de indivíduo para indivíduo, dependendo do organismo de cada pessoa.

Por isso, preste atenção no seu nível de energia ao longo do dia e descubra o seu horário com maior pico de produtividade.

A partir daí, concentre as suas tarefas importantes ou mais difíceis de fazer para esse período de maior poder energético.

5. Mantenha o ambiente de trabalho organizado

O ambiente físico impacta diretamente no seu nível de produtividade.

Você não precisa necessariamente trabalhar em um ambiente bonito e descolado, mas é importante que ele seja minimamente limpo e organizado.

Por isso, ao final do dia, organize o seu local de trabalho e jogue fora o lixo.

Com certeza, você estará mais disposto para trabalhar ao chegar e ver o seu ambiente em ordem.

6. Encontre tempo para fazer exercícios

Praticar exercícios ajuda aumentar o fluxo sanguíneo e a saúde cardiovascular, dando mais energia física para você trabalhar.

Além disso, ao deixar a vida sedentária, você ficará menos ansioso, mais concentrado e com maior capacidade para lidar melhor com o estresse.

Se você não tem tempo para academia, experimente praticar corrida logo pela manhã, fazer alguns polichinelos ou apenas caminhar até o local de trabalho.

No entanto, se mesmo após essas dicas, você ainda sente que poderia ser mais produtivo, experimente marcar uma consulta com um psicólogo. Pode ser que essa desmotivação no trabalho tenha origem em outro fator psicológico.

Voltar ao topo