Ao longo de uma psicoterapia, você obviamente aborda muitos problemas. Você poderia continuar a trabalhar em todas essas questões por tempo indeterminado, mas, em algum momento, o paciente precisa desenvolver o suporte psicológico necessário para deixar seu terapeuta e viver sua própria vida.

Se você está começando uma terapia ou considerando procurar um psicólogo clínico, você provavelmente quer saber quanto tempo vai demorar o tratamento. A resposta simples para essa pergunta é que não há uma resposta simples.

Por isso, neste artigo, você vai conhecer os principais fatores que influenciam na duração de uma terapia e descobrir qual o melhor momento para deixar o seu psicólogo. Vamos lá?

 

Quais fatores influenciam na duração de uma terapia?

 

Normalmente, quando as pessoas foram criadas por pais cuidadosos e não enfrentaram qualquer trauma durante a infância, a terapia será curta. A pessoa busca a terapia apenas para tratar um problema recente, como resolver um dilema de vida, o término de um relacionamento, a perda de algum ente querido, um acidente ou violência sofrida.

Nesses casos, apenas conversar sobre o problema, lamentar as perdas, obter compreensão e superar o trauma pode resolver a situação. Dependendo do quão profundo foi o problema, esse tratamento pode ser resolvido em apenas uma sessão bem como durar meses.

Entretanto, se a pessoa foi traumatizada durante toda a sua vida, sendo negligenciada, envergonhada e abusada, principalmente quando era uma criança, ela precisa de vários anos de psicoterapia.

Geralmente, a reparação desses traumas infantis é um processo muito lento que começa com o desenvolvimento da confiança no psicólogo para depois tratar estes ferimentos da vida. Isso ocorre porque quando as pessoas se machucam em relacionamentos que deveriam ser confiáveis (como os pais), é preciso outra pessoa comprometida e consistentemente confiável para ajudar a tratar seus traumas.

 

Quando a psicoterapia se torna longa demais?

 

A duração de uma terapia com um psicólogo vai depender do motivo que o levou até o consultório, que tipo de terapia você está recebendo e da sua estabilidade psicológica. Por exemplo, durante uma terapia cognitiva comportamental, o medo de dirigir pode ser tratado entre 10 a 20 consultas, através da terapia oral, técnicas de relaxamento e exercícios para voltar ao volante.

Por outro lado, a terapia que precisa examinar como você chegou a ser quem é hoje e qual efeito isso está tendo em sua vida será muito mais profunda e, como resultado, durará mais tempo. Tudo depende do que você quer e precisa.

No entanto, até mesmo a terapia mais longa chega ao fim em algum dia. No entanto, não será o psicólogo que vai lhe dar uma alta. Independentemente do porquê você está buscando terapia, é importante lembrar que, em última análise, é sua a decisão quando parar com a terapia.

Caberá ao psicólogo apenas questionar se você conseguiu resolver todas as principais questões que o levaram até ao consultório.

 

Qual o melhor momento de abandonar uma terapia?

 

Se você está pensando em abandonar a psicoterapia, pergunte-se primeiro o porquê de não querer mais continuar com ela. Faça uma análise se você conseguiu realizar aquilo que se propôs a fazer quando procurou o psicólogo. Reflita se você já está pronto para administrar sua vida sem um suporte psicológico.

Além disso, a terapia não precisa ser interrompida de forma abrupta. Se você visita o psicólogo uma vez por semana, reduza o período para cada duas semanas ou talvez uma vez por mês. Converse com seu psicólogo e discuta a melhor forma para esse período de transição.

E quando a terapia for concluída, não significa que você nunca mais precisará de um psicólogo. Se outros problemas surgirem algum tempo depois, você sempre pode retomar a terapia a qualquer momento.

Assim como qualquer relacionamento, a perda do vínculo que criou com seu terapeuta durante a psicoterapia pode afetar seus sentimentos. Mesmo que esteja orgulhoso por estar pronto para enfrentar os desafios da vida por conta própria, está deixando aquela pessoa que você se sentiu confortável para abrir sua alma e, sem julgamentos, te ajudou a crescer.

 

E você, ficou interessado em fazer uma psicoterapia? Está enfrentando algum problema emocional e gostaria de saber quanto tempo dura a terapia? Entre em contato comigo e marque uma consulta inicial para discutirmos a duração do tratamento!

Deixe um comentário