Pular para o conteúdo

Quando foi a última vez que você fez um elogio sincero?

Elogiar os outros - sem que seja com o intuito de se beneficiar de algo - não é algo comum. E, infelizmente, aceitar elogios é ainda mais raro.

Eu sei, ninguém gosta de pessoas puxando o saco das outras. Entretanto, o ato de fazer um elogio sincero a alguém - com o único objetivo que este se sinta bem - é algo extremamente positivo, principalmente em um mundo polarizado em que todos estão criticando a todos.

Os elogios nos fazem sentir bem - tanto os dando como os recebendo.

Valorização do outro

Você consegue se lembrar da última vez em que fez elogio sincero para um amigo, vizinho, cônjuge ou colega de trabalho? Lembre como você se sentiu ao fazer o elogio e como ele foi recebido pela outra pessoa.

É claro, a habilidade de fazer elogios sinceros precisa de um pouco de prática. Porém, quando você adquire essa habilidade, você conseguirá criar relacionamentos mais positivos.

Geralmente, é possível elogiar qualidades de caráter de alguém ou ações realizadas. Pode ser qualquer coisa, como “excelente apresentação ontem no trabalho” ou “fiquei impressionado com a maneira profissional como você lidou com a situação”.

Também é possível elogiar a aparência, mas com uma certa cautela, pois o elogio pode ser confundido com um flerte ou mesmo um assédio. Mas, por exemplo, se aquele amigo estava lutando para emagrecer e conseguiu perder alguns quilos, qualquer elogio que você faça sobre a aparência será fundamental para impulsionar a autoestima dele.

É fácil apontar coisas negativas nos outros e que precisam de solução. Portanto, é importante também fazer um esforço para perceber também todas as coisas boas no outro.

Impulso na saúde mental

Sentir-se valorizado e apreciado são necessidades humanas básicas. Assim como a gratidão, o elogio motiva a cooperação e colaboração daqueles que nos rodeiam.

Os elogios também nos ajudam a se relacionar melhor uns com os outros. Se você disser a alguém o quanto gosta da forma como ele sorriu quando vocês se cumprimentaram, é provável que ele sorria de novo ao ver você.

Além disso, é provável que ao fazer elogios para os outros, esses também façam elogios a você. Ou seja, todos saem ganhando com isso.

A chave para dar bons elogios é prestar atenção aos detalhes. Querer ter o hábito de elogiar é um ótimo exercício para a sua saúde mental, para você poder começar a perceber e valorizar não apenas as pessoas, mas tudo de bom que ocorre ao seu redor, e que, muitas vezes, são ofuscados pelos problemas da vida.

E, finalmente, muito além de apenas fazer elogios, também é importante saber receber eles.

Aprender a aceitar elogios de maneira cortês é tão importante quanto aprender a fazê-lo.  Afinal, negar um elogio é outra maneira de dizer ao outro que ele está errado ou que sua opinião é falha. É como se você tivesse recusado um presente.

Na dúvida, um simples “obrigado” já é o suficiente para aceitar um elogio.

Para mais dicas de saúde mental, entre no meu perfil no Instagram. Serei grato a você por seguir o meu trabalho @dryuribusin !

 

 

 

Voltar ao topo