Pular para o conteúdo

Os principais exercícios para reduzir a ansiedade

Se você está lidando com tensões e preocupações regulares, lutando contra crises de estresse ou sofrendo de ataques de pânico, talvez seja hora de começar a aprender e praticar algumas técnicas para reduzir a ansiedade.

A ansiedade está enraizada no medo. Quando você é consumido pelo medo, seu julgamento é distorcido, paralisado pela dúvida, ficando incapaz de tomar decisões, inclusive as mais simples. Por sua vez, a dúvida e a confusão são um terreno fértil para aumentar ainda mais a ansiedade.

Por isso, o controle da ansiedade é uma habilidade que você aprende com o tempo, desde que tenha paciência e pratique regularmente.

Respire

Durante uma crise de ansiedade, você pode notar que a sua frequência cardíaca e a respiração ficam mais rápidas. É muito comum também começar a suar e sentir tonturas ou vertigens.

Uma das principais e mais simples técnicas para controlar a ansiedade é manter a respiração sob controle. Experimente sentar e inspirar lentamente pelo nariz e expirar pela boca. Você conseguirá em pouco tempo relaxar não apenas o corpo, mas também a sua mente.

Repita esse processo pelo menos 10 vezes ou até começar a sentir que sua ansiedade diminui.

Conte

Quando sentir a ansiedade tomando conta de você, encontre um lugar tranquilo e confortável para se sentar. Feche os olhos e conte lentamente até 10. Se for necessário, repita a contagem ou escolha um número ainda maior.

Às vezes, esse alívio ocorre rapidamente, mas outras vezes pode demorar um pouco. A ideia é ficar calmo e paciente.

Essa ferramenta é importante, pois, o processo de contar requer um grau de concentração, o que ajuda a desviar os seus pensamentos daquilo que estava gerando a ansiedade.

Atenção plena

A atenção plena - também conhecida como mindfullness - é a habilidade de manter os seus pensamentos no momento atual. Ficar no presente significa que você deixa de remoer o passado ou se preocupar com o futuro.

Por isso, a atenção plena pode ajudá-lo a criar um estado de espírito calmo, evitando pensamentos acelerados, o que gera a ansiedade.

A melhor maneira de praticar o seu estado de presença é por meio da meditação. Encontre um lugar tranquilo e confortável para sentar e fechar os olhos. Foque apenas na sua respiração e nas sensações do seu corpo, até que a ansiedade comece a desaparecer.

Exercícios físicos

O exercício é uma das coisas mais importantes que você pode fazer para combater o estresse. Pode parecer contraditório, mas fazer exercícios físicos alivia o estresse mental.

Pessoas que se exercitam regularmente têm menos probabilidade de sentir ansiedade do que aquelas que não se exercitam. Esses benefícios são mais fortes quando você se exercita regularmente.

Os exercícios reduzem os hormônios do estresse - como o cortisol - a longo prazo. Também ajuda a liberar endorfinas, substâncias químicas que melhoram o humor e agem como analgésicos naturais.

Atividades - como caminhar ou correr - que envolvem movimentos repetitivos de grandes grupos musculares podem ser particularmente eficazes para o alívio do estresse.

Psicoterapia

É claro, essas técnicas de controle da ansiedade são úteis, mas se você quiser se livrar da ansiedade de uma vez por todas, é essencial descobrir a causa raiz e resolvê-la por meio da psicoterapia.

Siga o meu perfil no Instagram @dryuribusin para mais dicas de bem-estar.

Voltar ao topo