Pular para o conteúdo

O que fazer quando o relacionamento esfria?

É muito comum que um relacionamento esfrie com o tempo.

Às vezes, um namoro ou casamento pode ser exaustivo, principalmente quando ele cai na rotina.

A vida corrida, os boletos a pagar, a educação dos filhos e as obrigações da casa acabam reduzindo a chama do amor.

Aquele romance que inicialmente parecia o ideal, agora parece algo irritante, com os defeitos do outro se tornando quase insuportáveis.

Pensando nisso, você encontra neste artigo uma lista com dicas práticas para aqueles casais que não querem terminar, mas também não querem ficar na presença do outro por muito tempo.

Marque um encontro

Para evitar o tédio no relacionamento, surpreenda o seu parceiro com um encontro noturno.

Faça de conta que este será o primeiro encontro entre vocês, incluindo a parte que cada um deve chegar ao local separadamente.

Para tal, se prepare como você nunca tivesse visto o seu companheiro.

Essa ansiedade de início de relacionamento, mesmo que de brincadeira, pode ajudar o casal a esquentar a relação.

Encontre um novo hobby

Muitas vezes, fazer coisas juntos nem sempre é a melhor maneira de impulsionar o relacionamento.

Infelizmente, os relacionamentos podem começar a desmoronar quando vocês se veem demais.

Por isso, experimente começar a executar alguma atividade ou hobby fora do normal. Pode ser qualquer coisa, desde que não esteja acostumado com ela.

Procure novos lugares para visitar, participe de uma aula de dança, encontre uma nova pessoa para  amizade ou pratique um esporte que você sempre sonhou.

Fazer coisas novas a deixam mais interessante para seu parceiro.

Além disso, gera novos assuntos para conversar com ele.

Qualquer relacionamento - principalmente naqueles duradouros, como um casamento - precisa de variedade para poder prosperar.

Faça algo juntos

Agora, se o problema é que você passa muito tempo separado do seu companheiro, é hora de pensar algo para fazer juntos.

Envolva o seu parceiro em algum novo projeto.

Pode ser a programação de uma longa viagem de férias, uma reforma da casa ou começar a treinar na academia.

Esses momentos podem construir novas memórias e fortalecer o relacionamento com o parceiro.

Tente coisas novas no sexo

Se as coisas na cama do casal estão um pouco repetitivas, pense em maneiras de apimentar as coisas.

A ausência de contato físico entre o casal prejudica o namoro ou casamento.

Pode ser uma nova posição, uma fantasia compartilhada, diferentes formas de contato físico, aumento da frequência ou simplesmente transar em um cômodo diferente da casa.

A vida sexual é um importante recurso para manter a conexão e a intimidade entre vocês dois.  Portanto, não deixe que o mesmo caia na rotina.

Mantenha o diálogo aberto

Casais que não conversam estão fadados ao fracasso.

A correria e o estresse do dia a dia podem afastar duas pessoas de uma boa conversa sadia, esfriando relacionamentos.

Por isso, trate de investir pelo menos alguns minutos por dia para ouvir o seu parceiro com atenção, principalmente sobre as suas preocupações e expectativas quanto ao relacionamento.

Não precisa ter a força de uma “DR”, mas apenas dialogar com o parceiro, tendo sempre a empatia como âncora e sem gerar discussões acaloradas.

Lembra das primeiras conversas que teve durante o início do namoro? Tente replicá-las hoje, esquecendo todos os ressentimentos que foram acumulados durante o tempo.

Quanto maior a frequência dessas conversas, melhor!

Aplicando algumas (ou todas) essas dicas, e tendo um pouco de atenção na forma que trata o companheiro, com certeza você conseguirá reverter um relacionamento que esfria.

Mas, se você ainda acha que o relacionamento está fadado ao fracasso, experimente conversar com um psicólogo. Eu também realizo terapia de casal. Marque sua consulta aqui!

Voltar ao topo