Pular para o conteúdo

4 impactos negativos do home office

Com o mundo passando por uma grande crise sanitária, muitas empresas passaram a adotar -  de uma hora para outra - o conceito de home office, com o objetivo de garantir o distanciamento social e a saúde de seus colaboradores.

Por mais que trabalhar remotamente já era uma realidade antes da pandemia, muita gente foi pega de surpresa e teve que se acostumar com a nova realidade de trabalhar a partir de casa.

Os benefícios são muitos, como o aumento de produtividade, economia de tempo, a possibilidade de trabalhar quando for conveniente, entre outros.

Porém, assim como tudo na vida, o home office também tem algumas desvantagens. Se você está cogitando trabalhar em casa, leia este artigo.

1. Falta de disciplina

Um dos maiores desafios do trabalho em home office é a disciplina. Sem a figura de um chefe por perto é fácil largar tudo para assistir um episódio de uma série favorita, com a desculpa de que em uma hora voltará ao trabalho.

Porém, no final do dia, essas “escapadas” do trabalho podem custar mais tempo do que você pensa.

É fundamental manter a disciplina para que você possa realmente realizar suas tarefas, mesmo sem ter o chefe à vista. Afinal, o trabalho em seu escritório doméstico é baseado na confiança, o que significa que seu chefe confia que você realmente conseguirá trabalhar nas horas exigidas.

Muita gente não consegue atingir esse estado de autodisciplina, o que pode colocar em risco o emprego.

2. Falta de motivação

A motivação leva as pessoas a se movimentarem e a atingirem seus objetivos. Para quem sempre sonhou em trabalhar em casa, o isolamento social foi uma grande oportunidade.

Porém, muitos trabalhadores tiveram que adotar o home office de forma repentina, sem a possibilidade de escolha. Essa mudança à força pode facilmente derrubar a motivação da pessoa, afetando significativamente a sua produtividade e gerando uma infelicidade no trabalho.

Assim como a disciplina, nem todo mundo se sente motivado ao trabalhar em casa e sozinho, principalmente aqueles que têm uma personalidade mais sociável.

3. Distrações em casa

Por mais que você esteja longe da empresa, onde pode ser distraído por algum colega ou por conversas fiadas de corredor, se você não tomar cuidado, as distrações em casa podem ser maiores do que as no escritório.

Por mais que você tente separar o lado profissional do pessoal, você pode ser distraído pelo vizinho que faz barulho, pelo carteiro entregando correspondências ou o pet querendo atenção.

Isso sem falar nas tarefas comuns de casa, como cozinhar, lavar roupas ou limpar o local de trabalho. Essas distrações podem se acumular rapidamente e prejudicar a quantidade de trabalho que você faz durante o dia.

4. Horas extras

Muitas vezes, os trabalhadores em home office sentem a pressão de ser mais produtivos, mesmo que as empresas não estejam os pressionando a atingir mais resultados. Essa pressão pode ser motivada apenas por um preconceito internalizado de que “quem trabalha em casa não trabalha nada”.

O resultado disso é horas extras não pagas e estresse adicional. Se a pessoa não fixar um horário de início e fim de jornada, em pouco tempo estará em um estado de trabalho contínuo, onde ela começa a se sentir culpada por ter uma momento de lazer com a família durante a noite ou nos fins de semana.

Portanto, se você está enfrentando dificuldade para se manter produtivo no trabalho em home office, experimente marcar uma consulta comigo. Posso te ajudar psicologicamente a equilibrar os benefícios e malefícios de trabalhar em casa.

Voltar ao topo