A empatia pode nos auxiliar a enfrentar diferentes situações, principalmente com aquelas consideradas adversas, que fogem ao nosso controle. Assim, é possível afirmar que com a empatia é possível lidar com a diversidade. Mas será que estamos fazendo isso no nosso dia a dia?

Pensar sobre isso poderá nos ajudar a enfrentar vários acontecimentos do nosso cotidiano, evitando conflitos e, principalmente, aprendendo a aceitar melhor o outro.

Portanto, vamos descobrir um pouco mais sobre a empatia e descobrir se você realmente sabe lidar com a diversidade, principalmente quando há opiniões contrárias às suas.

O que é empatia?

A empatia pode ser vista como uma habilidade adquirida e desenvolvida ao longo do tempo, em que a pessoa passa a ser capaz de perceber o mundo com os olhos do outro. É como se fosse possível compreender a perspectiva da outra pessoa e assim, aceitar melhor o que é diferente.

Assim, a empatia faz você ter uma consciência do pensamento e sentimento do outro, tentando perceber as situações do ponto de vista dele, possibilitando uma maior compreensão de todas as situações.

Em uma discussão, por exemplo, os dois lados possuem um ponto de vista, que geralmente é divergente. Quando as pessoas percebem apenas um lado, o conflito ocorre com mais frequência. Porém, quando alguém consegue perceber também o lado do outro, fica mais fácil compreender o que ele está dizendo e, assim, se torna mais fácil evitar o conflito. Essa é uma ótima maneira de lidar com a diversidade.

O desenvolvimento da empatia

A empatia é uma habilidade, por isso ela pode e deve ser desenvolvida e exercida. Além disso, é fundamental ensinar às crianças a desenvolver a empatia, que pode ser treinada em ambientes sociais, como na escola por exemplo.

Ensinar a compartilhar objetos, discutir sobre os pontos de vistas diferentes, demonstrar a diferença no tratamento entre as crianças e deixar claro que cada um tem uma forma de perceber as situações, é uma ótima maneira de demonstrar que não existe apenas uma forma de perceber o mundo.

Com o tempo, passa a ser mais fácil compreender os vários aspectos de uma mesma situação, tendo uma maior compreensão do outro, evitando os conflitos e percebendo as diferenças.

A empatia no mercado de trabalho

Por também ser um ambiente social, a empatia acaba sendo uma habilidade muito exigida e reconhecida no mercado de trabalho, pois, com ela, é possível ter uma vivência mais saudável com as outras pessoas e proporcionar um ambiente de trabalho mais agradável.

Afinal, a empatia auxilia na boa comunicação e na percepção diferenciada dos problemas, evitando os conflitos entre os colegas, possibilitando que se tenha um aumento na produção diária e crescimento profissional.

Por isso, é fundamental refletir sobre as formas de lidar com os momentos de conflito, utilizando sempre a empatia.

A empatia e os momentos de conflito

Nos momentos de conflito é fundamental tentar entender os motivos do outro e tentar compreender os motivos das suas ações. Assim, caso o outro se comporte de maneira agressiva, no lugar de fazer o mesmo, você pode tentar perceber os motivos de ele agir dessa forma.

Com isso, fica mais fácil entender os motivos deles, percebendo (com a empatia), porque ele está agindo daquela maneira. Em alguns casos, é possível perceber que se estivéssemos na mesma situação, nós também agiríamos assim.

É interessante pensar também no bem-estar do outro. Ou seja, usar a empatia é perceber como você gostaria de ser tratado, para que você possa tratar os outros assim. Além disso, quando você perceber que seus comportamentos estão sendo agressivos, você pode se perguntar o que faria se o outro te tratasse assim.

Portanto, ter empatia e aprender a lidar com a diversidade é um exercício constante de autorreflexão, levando em consideração os próprios pensamentos e sentimentos, ao mesmo tempo em que se tenta colocar-se no lugar do outro, para agir de maneira cada vez mais adequada.

Gostou do texto? Que tal compartilha-lo em suas redes sociais e ajudar outras pessoas a entender e praticar a empatia? Você também pode conferir outros artigos como esse, em nosso blog. Até a próxima!

Deixe um comentário