Pular para o conteúdo

8 técnicas para lidar com a rejeição

O ser humano é naturalmente sociável e partilhar momentos da vida com outras pessoas faz parte do desenvolvimento pessoal do indivíduo. Contudo, nem todas as relações ocorrem de forma saudável e quando nos envolvemos em relacionamentos tóxicos, consequências nocivas podem ser geradas. Uma delas é a dependência emocional.

Basicamente, a dependência emocional é um vínculo criado com base na crença de uma pessoa que esta depende de outra para ser feliz. E esta condição problemática impede que o indivíduo tenha mais autoconfiança ou superar o medo de ficar sozinho, de acordo com especialistas.

Criar laços e sentimentos é normal em qualquer relação. Mas o problema é quando estes tornam-se exagerados. E quando uma pessoa passa a acreditar que não pode mais viver sem a outra.

A Associação de Saúde Mental da América define a dependência emocional como “uma condição emocional e comportamental que afeta a capacidade de um indivíduo de ter um relacionamento mutuamente saudável e satisfatório”.

Por que a dependência emocional é nociva?

Na maioria dos casos, a pessoa que sofre de dependência emocional deixa a própria vida de lado para priorizar um relacionamento. Assim, trabalhos, estudos, planos e até amigos e parentes não são mais vistos como prioridades.

A baixa autoestima e a insegurança são os principais combustíveis para a dependência emocional. E para suprir a necessidade emocional, há um apego em relações, sejam elas amorosas, de amizade ou familiares, para que a outra pessoa proporcione a felicidade mútua no indivíduo.

Devido a este vínculo, um sentimento de sofrimento é criado na pessoa. Quando isso acontece, há a perda de identidade, pois a dependência emocional faz com que o portador viva por algo que não é sua realidade.

Com um estresse constante, a dependência emocional também pode acarretar enfermidades e outros sintomas na pessoa.

Dicas para superar este vício

Lidar com a dependência emocional não é fácil, e como já citado, pode gerar consequências nocivas para a vida de uma pessoa. Por isso saiba como superar este problema, com as dicas abaixo.

1. Reconheça

Antes de buscar superar a dependência emocional, o indivíduo deve reconhecer que sofre desta condição. Busque entender como esta situação oferece pontos negativos em sua vida.

2. Não tema a incerteza

A dependência emocional é sinônimo de insegurança. Porém, quando ela se instala, as relações viram tóxicas. Se você não tem certeza sobre isso, pode encarar a situação e buscar ajuda.

3. Priorize você

Tenha consciência de que a prioridade em sua vida deve ser você. E é importante trabalhar os pontos que ajudam a reforçar a sua identidade pessoal e o desapego emocional. Não abra mão de suas individualidades somente para agradar aos outros.

4. Deixe o passado para trás

Não fique preso a pensamentos e experiências passadas. Isso é colocar uma carga no presente totalmente desnecessária. O grande aprendizado consiste em justamente ser capaz de trasladar as lições do passado e aplicá-las ao presente, para fazer melhor, ser melhor e se sentir melhor.

5. Assuma as suas emoções

Somente você é responsável pelos seus sentimentos. Por isso, não coloque a culpa dessas manifestações em causas externas. Você é o único responsável por como manifesta as suas emoções.

Aprender a estar bem sozinho é fundamental para o ser humano superar a dependência emocional. Portanto, não deixe de pedir ajuda profissional se precisar de suporte para alcançar este objetivo.

E então? Quer conversar sobre dependência emocional? Agende a sua consulta online!

Voltar ao topo