Superar o medo do fracasso é fundamental para se atingir o sucesso. Todos os dias, as pessoas aprendem com inúmeros contratempos. Todas as decisões que toma, as pessoas que conhece e as experiências que presencia são importantes. São esses fatores que ajudam você a atingir os seus principais objetivos de vida.

Entretanto, não é possível evitar que os obstáculos surjam, mas podemos aprender a lidar melhor com eles. Os problemas até podem bloquear temporariamente a sua visão, mas se você perseverar descobrirá que novas oportunidades podem surgir. Muitas delas que nem ao menos cogitava.

Por isso, você quer aprender a superar o medo do fracasso e ter mais resiliência? Então, continue lendo esse artigo. Vamos lá?

Desvios e falhas são inevitáveis

É muito comum reconhecer as pessoas bem-sucedidas apenas quando elas atingem grandes objetivos. O sucesso é admirado, mas raramente as pessoas testemunham a imensa batalha que eles enfrentaram até chegar lá.

Como o fracasso não é exposto, as pessoas tendem a se comparar apenas com as conquistas alheias. Isso é perigoso, pois essa comparação acaba potencializando os problemas enfrentados e minimizando as conquistas diárias.

Todos questionam suas próprias habilidades, entretanto, poucos percebem que a adversidade é necessária para se alcançar o sucesso. Esse modo de pensar acaba fazendo com que as pessoas tenham medo do fracasso.

Desde a infância, o cometer erros é ensinado como algo ruim. Nossa própria mente usa memórias ruins do passado para provocar emoções negativas, como a ansiedade, para nos impedir de cometer os mesmos erros no futuro. No entanto, ninguém é perfeito e todos passam por tempos difíceis em algum momento ou outro. A questão que se coloca é como enfrentar essas falhas de percurso e utilizá-las de forma positiva.

Não é o fim do mundo

É comum ouvir que é preciso pensar positivo diante de um problema. Entretanto, esse “pensamento positivo” não tem nada a ver com sorrir de tudo o que acontece com você, inclusive as coisas ruins. O pensamento positivo, ao contrário, deve ser usado como forma de aprender, crescer e evoluir a partir do que acontece no seu cotidiano.

Se você se depara com um revés em sua vida, não significa que esse será o seu destino final. Ele é apenas um trampolim que você precisa transpor para chegar mais longe. Quando encontra uma dificuldade, não existe nenhum problema em ficar chateado ou desapontado. O problema é deixar que isso o abale demais, impedindo que você siga em frente.

Após aceitar o que aconteceu, é possível ter foco no seu objetivo final. Se não se aprende com os erros e fracassos da vida, você estará condenado a continuar repetindo-os, quer queira ou não.

Pratique a resiliência no dia a dia

A resiliência refere-se ao poder de se recuperar das dificuldades da vida. Alguém resiliente tende a manter uma visão mais positiva e controla o estresse de forma mais eficaz. Algumas pessoas parecem já ter nascido com mais resiliência do que outras. Mas também é possível que qualquer um cultive ela. O segredo para isso é aprender a mudar o que pensamos diante do fracasso.

O primeiro passo para superar alguma adversidade é encontrar um senso de propósito. Definir um objetivo pode desempenhar um papel importante na sua recuperação. Isso pode significar se envolver em sua comunidade, cultivar espiritualidade ou participar de alguma atividade que seja significativa para você.

Fazer uma lista de seus pontos fortes e suas realizações não apenas melhora a sua autoestima, mas, também, ajuda a enfrentar o estresse e os eventos difíceis. Quando ouvir pensamentos negativos sobre você em sua mente, substitua-os por positivos, como “eu posso fazer isso” ou “som bom em meu trabalho”. Tornar-se mais confiante em suas próprias habilidades, incluindo sua capacidade de reagir e lidar com uma crise, é uma ótima maneira de construir resiliência para o futuro.

A flexibilidade também é uma parte essencial da resiliência, pois a partir da adaptabilidade você estará apto a responder diante de uma crise de vida e prosperar. Pessoas resilientes veem o fracasso como uma oportunidade para seguir numa nova direção.

E, o mais importante, é se manter otimista, mesmo em períodos ruins. É preciso pensar que os contratempos são passageiros e que você tem as habilidades e competências para combater os desafios que enfrenta. O que você está lidando pode ser difícil, mas é importante permanecer esperançoso e positivo sobre um futuro melhor.

Dessa forma, o fracasso é inevitável no nosso cotidiano, mas como superamos esses desafios e os usamos em nosso benefício é o que realmente importa. É impossível viver sem cometer algum deslize. Você até pode viver de forma extremamente cautelosa, mas é muito provável que não desfrutará da sua vida da melhor forma possível.

E então, gostou das dicas? Você está enfrentando dificuldade em praticar a resiliência? O medo do fracasso está impedindo de você seguir em frente? Vamos conversar sobre essas suas dificuldades. Aguardo seu contato!