A interação social é uma atividade vital para a saúde humana, tanto sob o ponto de vista físico quanto para a saúde mental. No entanto, quando você está lutando com a ansiedade, é difícil aproveitar o tempo com alguém. Felizmente, é possível superar o medo de conversar com pessoas.

Muitos acham difícil iniciar uma conversa e compartilhar seus sentimentos e pensamentos com alguém. Isso é perigoso, pois, o apoio social reduz a ocorrência de estresse, depressão e ansiedade. Então, no final, pode-se dizer que as pessoas precisam de pessoas.

Por isso, se você está tentando ser alguém mais social, mas o medo está o controlando, continue a leitura e saiba como conversar mais com os outros.

A origem do medo

O medo é algo bom. Ele é a maneira que o seu corpo utiliza para lhe alertar sobre um potencial perigo e mantê-lo a salvo. O problema ocorre apenas quando o corpo ativa uma resposta ao medo quando não existe um perigo real. E é este o caso no medo de conversar com pessoas.

Ou seja, o medo das interações sociais não pode ser considerado como um “medo verdadeiro”. Você pode ficar com medo de dizer algo embaraçoso, de que vai ser julgado ou de que os outros não gostem de você. Mas, muito provavelmente, nenhuma dessas coisas acontecerá na prática. E mesmo que isso aconteça, tudo bem!

Se dizer algo estranho que te envergonhe o máximo que pode acontecer é a pessoa rir de você, mas provavelmente a conversa seguirá logo após para um novo tópico. Assim, a outra pessoa esquecera por completo o que foi dito em pouco tempo.

Mesmo que a pessoa deixe de falar com você, nenhum dano físico será sofrido, por isso, não precisa ter medo. Você pode usar esse aprendizado para começar uma conversa com outra pessoa.

As principais dicas de como perder o medo de conversar com pessoas

Geralmente, as pessoas tímidas pensam demais em seu comportamento e respostas. O ponto principal que se precisa entender é que você não é uma unanimidade. Você não precisa agradar a todo mundo ou que todos gostem de você. Na verdade, é um pouco egocêntrico pensar que as pessoas estão sempre considerando cada palavra que diz ou comportamento que você tem.

Todas as pessoas dizem coisas estúpidas ocasionalmente, e a maioria delas nem percebe ou se preocupa com isso. Por isso, ficar obcecado com a perfeição só faz você se isolar de outras pessoas.

É claro, você não precisa ser o centro das atenções em uma festa, mas com um pouco de esforço, é possível iniciar e manter conversas com um grupo de pessoas. Com o tempo, essa experiência não será tão intimidante, deixando você mais confortável para se abrir com os outros.

Provavelmente, a melhor maneira de superar o medo é partindo para a prática. Quando você age e percebe que nada de ruim aconteceu, o medo vai desaparecendo aos poucos. Por outro lado, quando você sucumbe ao medo, ele vai ficar cada vez maior e mais difícil de ser superado.

Caso você comece a ficar nervoso diante de uma interação social, apenas respire. Inspire e expire profundamente e lentamente. Isso ajudará a acalmar a ansiedade.

Agora, se ansiedade social e o medo da conversa é algo constante na sua vida, considere a possibilidade de procurar um psicólogo. Ele lhe ajudará a superar os seus medos sociais, aumentar a sua confiança e torná-lo alguém mais sociável.

Assim, falar com estranhos não precisa ser um processo angustiante. Ao perder o medo de conversar com pessoas, você colhe os benefícios de conhecer futuros amigos, adquirir boas experiências e aprender coisas novas.

E você, está enfrentando o medo de conversar com pessoas? Então, confira meu outro artigo com 5 dicas para quem tem dificuldade de iniciar uma conversa!

Deixe um comentário