Os telefones celulares se tornaram em parte integrante da vida cotidiana das pessoas. Se você é como a maioria, é provável que não saia de casa sem ele no bolso. No entanto, o uso excessivo do celular tem tornado as pessoas tão dependentes desse dispositivo que muitos nem conseguem imaginar um mundo sem ele.

Para muitos, é mais confortável se isolar do mundo — para evitar o tédio ou a interação social — utilizando um smartphone, mas ele tem o potencial para afetar gravemente a produtividade diária, os relacionamentos e até a saúde mental de qualquer indivíduo.

Por isso, neste artigo, exploro como o celular está modificando a cultura moderna e quais os riscos do seu uso excessivo. Continue a leitura!

A revolução tecnológica dos celulares

É estranho imaginar que há duas décadas as pessoas viviam em mundo em que não existiam smartphones, no qual não havia a necessidade de enviar mensagens ao longo do dia, tirar selfies ou atualizar constantemente as redes sociais.

É claro, os dispositivos móveis são uma verdadeira revolução tecnológica, uma maneira fácil de as pessoas se comunicarem, terem acesso a inúmeros serviços e utilizar aplicativos para auxiliarem em suas tarefas diárias. O problema é como a sociedade se tornou viciada e dependente dele.

Atualmente, o Brasil possui mais smartphones ativos do que habitantes e também é o quinto país em ranking de uso diário de celulares no mundo.

O uso excessivo de telefones celulares em jovens e adultos pode ser um fator de risco não apenas para as suas habilidades de comunicação, mas também para a saúde mental.

Os perigos do uso excessivo do celular

Embora os smartphones oferecem uma maneira fácil e eficiente de se comunicar com amigos, parentes e colegas de trabalho, o uso excessivo prejudica a saúde. Muito além dos riscos de câncer ou contaminação de germes presentes na superfície do celular, o uso excessivo pode afetar a saúde mental.

Hoje, as pessoas passam muito tempo olhando para eles, o que pode ter um grande impacto nos casos de depressão e ansiedade. Segundo estudos, a alta frequência de uso de telefones celulares tem efeitos negativos sobre os níveis de estresse.

Os constantes toques, notificações e lembretes gera extrema ansiedade no indivíduo, o que provoca distúrbios de sono, deixa as pessoas impacientes e com insônia.

Essa verificação rotineira do celular, também conhecida como nomofobia, acaba consumindo tempo útil da pessoa, afetando sua produtividade e causando sofrimento e até mesmo depressão.

Além disso, um estudo comportamental recente sugere, ainda, que os usuários de redes sociais relatam baixa autoestima, assim como aumentam o sofrimento e a infelicidade por comparar suas vidas com a de terceiros.

Dicas para diminuir a dependência do celular

Existem diversas estratégias para garantir que os celulares não afetem negativamente a sua vida. Já existem aplicativos que controlam quanto tempo é gasto utilizando o aparelho. Esses aplicativos enviam mensagens para motivar o usuário a adotar um uso mais consciente do celular e até bloqueiam o seu uso em determinados períodos.

Outra estratégia é separar-se fisicamente do seu smartphone em diversos momentos do dia, quando está trabalhando, estudando ou tendo um tempo com a família. Experimente também deixar o celular em outro cômodo da casa uma hora antes de dormir, evitando que fique tentado a passar o tempo navegando quando deveria estar se preparando para dormir.

Desligar o telefone quando está passando um tempo com amigos ajuda você se manter mais conectado e envolvido em conversas e em seus relacionamentos.

Para os casos mais graves, em que o indivíduo não consegue se desconectar, a ponto de atrapalhar as atividades do seu dia a dia, a terapia cognitiva comportamental pode ser uma solução para resolver o problema.

Assim, lembre-se sempre dos efeitos negativos do uso excessivo do celular. Use esse conhecimento para se tornar um usuário de smartphone mais responsável, saudável e feliz.

E você, já conhecia os riscos do uso excessivo do celular? Está enfrentando dificuldade para se desconectar? Entre em contato comigo!