Pular para o conteúdo

Como lidar com uma pessoa perfeccionista

Cotidiano
Como lidar com uma pessoa perfeccionista

O perfeccionismo é uma característica de personalidade que pode trazer não apenas vantagens, mas também inúmeros desafios para as pessoas. Na prática, ele é uma tendência a estabelecer padrões excessivamente altos para si mesmo, buscando constantemente o melhor em todas as áreas da vida.

Por mais que esse comportamento possa oferecer alguns benefícios – como a busca por excelência e a motivação para melhorar –, ele também pode levar a uma série de problemas, tanto para o perfeccionista quanto para as pessoas do seu convívio.

Os riscos do perfeccionismo

De forma geral, a busca incessante pela perfeição pode levar a pessoa a desenvolver altos níveis de estresse. Isso ocorre porque ela acaba experimentando uma pressão constante para atingir padrões muito altos, além de enfrentar o medo constante de falhar ou ter um baixo desempenho.

O perfeccionista pode sentir-se sobrecarregado por essa pressão de ser perfeito e, como resultado, pode adiar ações por medo de não atingir suas próprias expectativas. Isso pode levar a uma diminuição da produtividade e ao aumento do estresse, afetando negativamente a realização de tarefas e projetos.

Invariavelmente, esse estresse acaba se estendendo a familiares, colegas de trabalho ou de faculdade. Em tarefas compartilhadas, por exemplo, o perfeccionista passa a pressionar os demais a ter o mesmo “padrão de excelência” que ele impõe a si mesmo. Tal comportamento acaba sendo um catalisador para tensões e conflitos. O medo de não conseguir atingir os altos padrões estabelecidos pelo perfeccionista também pode resultar em uma falta de produtividade de toda uma equipe.

Por outro lado, o perfeccionismo também pode levar a uma autoestima frágil, o que o torna dependente da aprovação dos outros. Esse sentimento de inadequação pode levar a pessoa a precisar de um feedback constante dos demais.

O perfeccionismo pode levar ainda a pessoa a ter um quadro de ansiedade, pois ela está constantemente se esforçando para atingir metas impossíveis de serem alcançadas. 

Convivendo com alguém perfeccionista

É preciso entender que o perfeccionismo pode estar enraizado na personalidade da pessoa, não sendo algo fácil de se mudar. Por isso, tente praticar a empatia e se coloque no lugar do perfeccionista e entender que essa busca incessante pela perfeição pode ser resultado de suas próprias inseguranças e medos de falhar.

Em vez de partir para confrontação, experimente ajudar o perfeccionista a se tornar mais consciente de seus padrões e expectativas irrealistas. Ou seja, encorajá-lo a refletir se seus padrões de “perfeição” são realmente razoáveis e alcançáveis.

Além disso, incentive o perfeccionista a valorizar os pequenos passos e conquistas alcançados, em vez de apenas o resultado final perfeito. Isso pode ajudar a reduzir a pressão e a ansiedade associadas à busca pela perfeição não apenas nele, mas também nas pessoas ao redor.

Finalmente, tente estabelecer uma conversa sincera e honesta com a pessoa. Expresse suas preocupações e pontos de vista. Porém, evite críticas excessivas ou julgamentos, mas sem esquecer de deixar claro como o perfeccionismo da pessoa pode afetar sua vida e dos demais.

Para mais dicas de saúde mental, acesse o meu perfil no Instagram!

Últimas publicações

images/blog/como-a-terapia-cognitivo-comportamental-pode-resolver-a-depressao.jpg
Cotidiano

Como a terapia cognitiva comportamental pode resolver a depressão

images/blog/como-as-redes-sociais-podem-aumentar-o-estresse.jpg
Cotidiano

Como as redes sociais podem aumentar o estresse e como evitar isso

images/blog/os-perigos-do-estresse-cronico.jpg
Cotidiano

Os Perigos do Estresse Crônico: Como ele pode afetar sua vida

Tudo bem buscar ajuda!

Agende agora mesmo uma consulta e vamos conversar.

Agendar uma consulta
Yuri Busin