Não se fala em outra coisa: a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, tornou-se o cerne de todos os debates ao redor do mundo e, com isso, pulverizou uma outra catástrofe: o medo desmedido, por meio da histeria coletiva.

Por que desmedido? Sentir medo é inerente à natureza humana e traz com ele o zelo às pessoas, mas quando extrapola o limite do razoável, pode se transformar em uma doença psicogênica de massa, e, por conseguinte, ocasionar danos incalculáveis ao indivíduo, como desmaio, falta de ar, dores no corpo e até amnésia.

Se você está experimentando o pavor coletivo gerado pela pandemia, este texto é para você!

O que é histeria coletiva?

A histeria coletiva é uma doença mental, sem uma causa identificável, que ocorre quando duas ou mais pessoas compartilham determinadas crenças. Nessa condição, todos os membros de um grupo desenvolvem um medo comum que muitas vezes gera pânico.

Partindo desta premissa, é plausível dizer que existe uma correlação entre a histeria — que no âmbito da psicologia denota um excesso de excitação desencadeada após períodos marcantes na vida do paciente — com o medo de contrair a Covid-19.

É aí que mora o perigo obscuro: caso não consigamos estabelecer um equilíbrio proficiente neste cenário ainda tão incerto, podemos deixar nossa saúde mental extremamente debilitada, e ninguém quer isso, certo?

Como ela é propagada?

Somos assolados, por meio dos veículos noticiosos, por matérias exaustivas sobre o tema. Os amigos do Facebook só sabem disseminar ideias pessimistas e pânico. Muitos não sabem se terão suprimento nos próximos dias. Ok, isso é verdade, mas tente enveredar por outro caminho: o caminho do bom senso!

A grande questão é: Não se deixe contaminar pelo medo e a desesperança, faça o que foi recomendado e cuide de sua saúde mental. A Covid-19 representa o desconhecido. Na verdade, ninguém sabe muito bem como proceder diante de tudo isso, mas sabemos que precisamos de cuidado, gestão e solidariedade.

Nesse sentido, procure não ficar o dia todo enfurnado nas redes sociais compartilhando negatividade, vá ler um livro agradável, praticar uma atividade física aeróbica no conforto do seu lar, ouvir uma música gostosa, assistir filmes e, principalmente, tente orquestrar uma rotina mais saudável.

Você verá como os novos hábitos logo serão executados de forma automática e caminharão com você no futuro!

Como lidar com o cenário pessimista?

Se puder ficar em casa, fique, mas não julgue pessoas que pensam de forma distinta. Opte sempre pelo equilíbrio e respeito. Seja realista e otimista, publique uma mensagem positiva em vez dos ‘assustadores crescimento dos casos diários de covid-19’.

Tem muita gente desesperada e isso só atrapalha a percepção da realidade. Caso necessite sair, tome todos os cuidados preceituados pelo Ministério da Saúde.

Assim como outras pandemias que compuseram a história da humanidade, a Covid-19 não é para sempre. O momento agora é de calma, amor ao próximo, atenção à fontes seguras e muito zelo.

A ansiedade pode trazer inúmeros malefícios como outras psicopatologias, e este mal está intimamente ligado ao medo. Então, não faça isso com você. Em vez de ficar preso em posições partidárias e discussões desgastantes que só alimentam a ira e a vaidade, procure ir atrás de algo que seja reconfortante para sua alma.

Todos nós sabemos que a vida é repleta de obstáculos, alguns são mais torturantes que outros, contudo, podemos tirar um aprendizado de tudo. Por ora, o momento em questão é crucial para cuidar de si e do outro. Aos poucos, é possível superar a histeria coletiva que está reinando no mundo.

E você, está precisando de ajuda de um psicólogo para lidar com a histeria coletiva ocasionada pela Covid-19? Estou atendendo online! Marque agora a sua consulta!