Pular para o conteúdo

Como lidar com a compulsão alimentar

Cotidiano
Como lidar com a compulsão alimentar

A compulsão alimentar é caracterizada por episódios recorrentes em que a pessoa consome uma grande quantidade de alimentos, mesmo quando ela não está com fome. Geralmente, esses episódios são acompanhados de sentimentos de culpa, vergonha e perda de controle.

Quando essa compulsão passa a ser regular, o indivíduo pode ter um ganho de peso, o que pode contribuir para problemas de saúde, como diabetes ou doenças cardíacas.

Nesse caso, aprender a resolver o problema de maneira eficaz é a melhor saída para superar o transtorno e garantir melhor qualidade de vida física e emocional.

Abaixo você encontra algumas dicas de como fazer isso.

Esqueça as dietas

Muitas vezes, as pessoas são guiadas pelas “dietas da moda”, adotando hábitos alimentares excessivamente restritivos, o que pode acabar desencadeando episódios de compulsão alimentar.

Por isso, em vez de seguir dietas que se concentram em cortar grupos inteiros de alimentos ou reduzir significativamente a ingestão de calorias para perder peso rapidamente, concentre-se em fazer mudanças saudáveis, como trocar alimentos processados por aqueles naturais.

Mantenha um padrão alimentar

Ter um horário fixo para fazer suas refeições diárias ajuda a reduzir o hormônio que estimula a sensação de fome e, por consequência, a compulsão alimentar.

Pular refeições também pode fazer com que o açúcar no sangue caia, levando o corpo a desejar um rápido aumento de açúcar na forma de pão branco, doces ou outros carboidratos simples.

Além disso, procure comer os alimentos certos - em intervalos regulares - escolhendo aqueles que ajudam a mantê-la satisfeita por mais tempo e contendo o desejo de comer fora de hora.

Beba água

Beber mais água ao longo do dia é uma maneira simples, mas eficaz, de reduzir os desejos de comer demais. Além disso, a ingestão de água pode aumentar o metabolismo e a perda de peso.

A quantidade de água que cada pessoa deve beber diariamente depende de vários fatores. Assim, é melhor ouvir seu corpo e beber quando sentir sede para garantir que você esteja bem hidratado.

Faça exercícios

Exercitar-se regularmente pode ajudar a prevenir a compulsão alimentar porque o exercício faz com que o corpo libere endorfinas que melhoram o humor.

Um humor melhor pode reduzir o risco de comer emocionalmente, que é quando as pessoas consomem alimentos não saudáveis ​​ou grandes quantidades de alimentos em resposta ao estresse, tristeza ou raiva.

Procure ajuda profissional

A melhor maneira de superar um transtorno de compulsão alimentar é identificar as razões ou causas que podem estar levando a pessoa a comer compulsivamente. Isso pode ser feito falando com um psicólogo comportamental.

Geralmente, as pessoas costumam comer compulsivamente em resposta à solidão, tédio, tristeza, entre outros. Identificar esses gatilhos durante a psicoterapia pode ajudar as pessoas a evitá-los ou gerenciá-los, reduzindo a probabilidade de compulsão alimentar.

A implementação de todas essas etapas levará algum tempo, portanto, seja paciente. O importante é que você desenvolva a confiança de que começará a ver melhorias em sua saúde física, estado mental e estilo de vida.

Caso precise entrar em contato comigo, siga o meu perfil no Instagram!

Últimas publicações

images/blog/o-que-e-vergonha-e-como-lidar-com-ela.jpg
Cotidiano

O que é vergonha e como lidar com ela?

images/blog/o-que-e-bolha-social.jpg
Cotidiano

O que é bolha social e como ela pode afetar a sua vida

images/blog/porque-voce-deve-comecar-a-ter-compaixao.jpg
Cotidiano

Por que você deve começar a ter autocompaixão hoje mesmo

Tudo bem buscar ajuda!

Agende agora mesmo uma consulta e vamos conversar.

Agendar uma consulta
Yuri Busin