Pular para o conteúdo

Como evitar ser vítima de chantagem emocional

Cotidiano
Como evitar ser vítima de chantagem emocional

A chantagem emocional consiste em um tipo de manipulação em que uma pessoa aproveita dos sentimentos do outro como uma forma de controlar o seu comportamento ou persuadi-lo a ver as coisas sob o ponto de vista dela.

Geralmente, o manipulador usa ameaças emocionais para gerar sofrimento no outro e conseguir o que quer. Ao fazer exigências, ele consegue criar sentimentos de medo, culpa e raiva, conseguindo assim a obediência de suas vítimas.

Esse tipo disfuncional de manipulação é mais comum em relacionamentos amorosos, onde um parceiro transfere a culpa e a responsabilidade para a vítima por suas próprias ações negativas. Essa manipulação ganha ainda mais força conforme o relacionamento avança, com o manipulador adquirindo cada vez mais conhecimento sobre os medos de sua vítima.

Como identificar a chantagem emocional

Entre as técnicas utilizadas pelos manipuladores estão apresentar suas próprias demandas como parecendo algo razoável e normal, mesmo que isso esteja causando alguma reação emocional negativa no parceiro.

Além disso, eles fazem a vítima se sentirem como egoístas, inclusive patologizando a situação e fazendo ela parecer louca. Também é comum utilizar a opinião e influência de outras pessoas para intimidar ainda mais a vítima.

Por isso, o primeiro passo é ficar atento a qualquer tipo de ameaça ou punição, sejam elas emocionais ou mesmo físicas. Observe se alguém está tentando fazer você se sentir culpada sem qualquer motivo aparente.

Todo mundo tem dias ruins, porém, isso não significa que você precise suportar explosões de raiva do manipulador ou qualquer outro tipo de comportamentos negativos.

E, o mais importante, um relacionamento é algo colaborativo. Não é uma via mão única de sacrifício e submissão. Por isso, não há espaço para ameaças e obediência em um relacionamento saudável.

Como evitar essa manipulação

De forma geral, as vítimas da chantagem emocional são pessoas mais inseguras, que muitas vezes estão com baixa autoestima. Isso, claro, não significa que elas são culpadas de serem chantageadas. Entretanto, elas acabam virando alvos mais fáceis para quem tem uma personalidade mais egocêntrica e manipuladora.

Por isso, se você normalmente busca a aprovação dos outros, tende a assumir a culpa ou tem medo de ser abandonada, é hora de reagir. Se você é vítima da chantagem emocional, comece a mudar a si mesmo e passar a estabelecer limites claros, em vez de ficar esperando passivamente que o manipulador mude.

Inicialmente, é hora de repensar a relação e decidir se o manipulador realmente merece estar presente em sua vida. Em seguida, é hora de aprender a priorizar a sua saúde mental.

Tome medidas para reforçar a sua autoestima, seja por meio de autoconhecimento, ajuda de amigos e familiares, bem como a assistência profissional de um psicólogo.

Ao desenvolver a sua inteligência emocional, você estará não apenas evitando a chantagem emocional de futuros parceiros, mas também terá muito mais consciência, controle e seleção de quem poderá entrar na sua vida. Isso se traduz em relacionamentos mais saudáveis, além de uma melhor qualidade de vida.

Se você se encontra preso nesse tipo de manipulação, buscar apoio de um profissional especializado em lidar com chantagem emocional pode ser um passo muito importante. Não hesite em entrar em contato comigopara agendar uma consulta e começar o processo de recuperação.

Para mais dicas de saúde mental, siga o meu perfil no Instagram @dryuribusin.

Últimas publicações

images/blog/o-que-e-vergonha-e-como-lidar-com-ela.jpg
Cotidiano

O que é vergonha e como lidar com ela?

images/blog/o-que-e-bolha-social.jpg
Cotidiano

O que é bolha social e como ela pode afetar a sua vida

images/blog/porque-voce-deve-comecar-a-ter-compaixao.jpg
Cotidiano

Por que você deve começar a ter autocompaixão hoje mesmo

Tudo bem buscar ajuda!

Agende agora mesmo uma consulta e vamos conversar.

Agendar uma consulta
Yuri Busin