Como qualquer outra emoção humana, a raiva é normal e até saudável no cotidiano. Porém, a raiva descontrolada tem o potencial de prejudicar a saúde e também os relacionamentos. Assim, saber como controlar a raiva e ter uma resposta mais leve diante de um problema ou frustração é uma habilidade útil que proporciona mais inteligência emocional para o indivíduo.

Embora uma reação explosiva possa aliviar a dor momentânea, ela raramente é eficaz no longo prazo. Por outro lado, simplesmente ficar em silêncio pode acalmá-lo temporariamente, mas é provável que a ansiedade ou a raiva só aumente com o passar do tempo.

Por isso, neste artigo, vamos apresentar os benefícios de controlar a raiva, além de dar dicas de como praticar a resiliência e manter a calma diante dos acontecimentos. Vamos lá?

 

Os perigos do temperamento explosivo

O temperamento explosivo consiste no comportamento impulsivo de ser agressivo ou violento, incluindo explosões verbais raivosas, nas quais alguém reage de maneira desproporcional a uma determinada situação.

É comum expressar raiva no trânsito, ao perder um familiar ou sofrer alguma injustiça. No entanto, a raiva em excesso causa sofrimento e afeta negativamente seus relacionamentos, trabalho e escola, além de ter consequências legais e financeiras.

Além disso, quando alguém apresenta alta irritabilidade, repentina agressividade e é cronicamente zangado, pode ser sinal que o indivíduo sofre do transtorno explosivo intermitente, o que requer tratamento com um psicólogo.

 

Dicas práticas de como controlar a raiva

Algumas pessoas são mais propensas a raiva do que outras. Felizmente, é possível lidar com essa emoção, controlando a raiva e tirando algo positivo de algum evento ruim. Veja, a seguir, como domar a sua raiva em alguns passos!

Pense antes de falar

No calor do momento, é fácil dizer ou fazer algo que se arrependerá depois. Assim, deixe passar alguns momentos para reorganizar seus pensamentos antes de dizer qualquer coisa. Do mesmo modo, permita que os outros envolvidos em uma situação façam o mesmo.

Assim que você conseguir pensar com clareza, expresse sua frustração de maneira assertiva. Exponha suas preocupações e necessidades de forma clara e direta, sem ferir os outros ou tentar controlá-los.

Evite o rancor

O ato de perdoar é uma ferramenta poderosa. Se você deixar que a raiva e outros sentimentos negativos ofusquem os positivos, você só alimentará a amargura ou o pensamento de injustiça na sua cabeça.

Porém, ao perdoar alguém que o tenha irritado, você consegue até mesmo ser grato por aprender algo com aquela situação e ainda tem a oportunidade de fortalecer um relacionamento.

Pratique técnicas de relaxamento

Métodos simples de relaxamento, como respiração profunda ajuda a acalmar os sentimentos de raiva. O processo consiste em respirar profundamente, com seu diafragma, de forma lenta e repetitiva até que você se acalme. Meditação e exercícios lentos também ajudam a relaxar os músculos e fazer com que você se sinta muito mais calmo.

Agora, se você está envolvido em um relacionamento no qual ambos os parceiros têm sentimentos explosivos, é recomendado procurar livros, cursos e, principalmente, a psicoterapia, para aprender mais técnicas para lidar com situações estressantes.

Compartilhe com um amigo mas tenha cuidado

Um amigo de confiança pode ser uma opção para compartilhar seus sentimentos. Porém, é preciso estar ciente de que nem todo mundo está preparado para ouvir seus sentimentos mais raivosos e responder de maneira saudável e solidária.

Alguns conseguem ser bons ouvintes e direcionar você para a sua paz interior. No entanto, você também poderá encontrar aqueles que não são bons conselheiros, que vão tentar reprimir suas emoções ou até mesmo potencializar a sua raiva.

Dessa forma, aprender como controlar a raiva é um desafio para todos. Se você está enfrentando dificuldade para controlar seus sentimentos, procure ajuda profissional. Isso impede que você faça ou diga coisas que você se arrependerá ou machucar pessoas importantes ao seu redor.

E você, tem alguma dica extra de como controlar a raiva? Compartilhe sua mensagem nos comentários!

Deixe um comentário