Pular para o conteúdo

Como aprender a dizer 'não'

Muitas pessoas têm dificuldade em dizer “não” aos amigos ou colegas de trabalho quando os mesmos aparecem com pedidos de ajuda para realizar determinadas tarefas.

Todos nós gostamos de agradar e ser vistos como capazes. Entretanto, se você já tiver muitas demandas a fazer, que impedem você de assumir novos compromissos, é preciso aprender a dizer não.

Entenda que você nunca será produtivo, se tiver abraçando todas as demandas dos outros ao mesmo tempo.

Crença limitante

Vivemos em um mundo que tenta nos ensinar a nunca recusar pedidos.

Culturalmente, somos instruídos que dizer “não” significa se tornar uma pessoa rude, que vai incomodar os outros ou que é egoísta. Isso gera um medo generalizado de que todos vão deixar de gostar de uma pessoa simplesmente por ela dizer “não”.

Entretanto, isso não passa de crenças limitantes. Não há problema nenhum em reconhecer publicamente que você não consegue executar determinada tarefa, naquele determinado período.

Dizer “não” é uma das melhores formas de autocuidado. Dizer sempre “sim” para tudo e todos vai impedir que você foque em algo que é importante ou que te aproxima dos seus objetivos.

É claro, se você tem um tempo para ajudar os outros, ajude. Porém, se você já se sente sobrecarregado com as suas demandas atuais, não há problema nenhum em recusar.

Além disso, ninguém precisa de uma resposta imediata. Portanto, quando alguém pede sua ajuda, não tenha pressa em dar uma resposta. Peça educadamente um tempo e reflita sobre todas as consequências de dizer “sim” ou “não”.

As consequências de não dizer “não”

Se você concorda com todas as tarefas que delegam a você, rapidamente se tornará sobrecarregado e muito estressado.

Ao parecer sempre disponível, as solicitações do seu tempo chegarão mais rápido do que você consegue acompanhar. Tudo isso pode potencialmente levar você a um quadro de ansiedade ou depressão.

Por outro lado, ao aprender a dizer “não”, você reduzirá o fardo de ser sempre pressionado. Lembre-se de que você ensina às pessoas como deseja ser tratado.

Ficar firme e dizer “não” é uma forma de mostrar aos outros que você não está à disposição de todos.

Experimente utilizar o simples “sinto muito, mas não posso fazer isso agora”. Na maioria das situações, isso já é suficiente. E, o mais importante, você não precisa se desculpar ou ficar na defensiva.

Não faça rodeios. Forneça uma breve explicação se achar necessário; no entanto, não se sinta compelido a isso. Quanto menos for dito, melhor. Ficar firme e dizer “não” também é uma forma de mostrar aos outros que você tem outras prioridades e que nem sempre está disponível.

Valorize o seu tempo

A ideia aqui é viver a sua vida por você e não por mais ninguém. Não deixe que o medo do julgamento alheio impeça de você se autocuidar.

Conheça os seus compromissos e o quão valioso é o seu precioso tempo. Então, quando alguém lhe pedir para dedicar parte do seu tempo a um novo compromisso, você saberá que simplesmente não pode fazê-lo.

Para mais dicas de saúde mental, confira o meu perfil no Instagram @dryuribusin.

 

 

 

Voltar ao topo