Comumente vejo em meu consultório diversas pessoas falando: “nossa, eu sou extremamente ansioso”, “eu não consigo controlar a minha ansiedade”, “passo mal”, “fico paralisado”, entre outros sintomas.

Realmente, é muito difícil sentir-se assim, contudo o que não se costuma falar por ai, é que nem tudo é ansiedade, e que nem tudo é fora do normal e, muito menos, que ansiedade é muito diferente de sentir-se empolgado.

Em diversas situações inovadoras, é natural que nos sentimos um pouco ansiosos, uma vez que não sabemos o que irá acontecer, porém, a ansiedade está muito ligada à um evento negativo que está por vir, e não positivo.

Como, por exemplo, uma empresa que está sendo processada pela primeira vez, naturalmente isso deixará a pessoa ansiosa, outro exemplo que é muito comum é a falta de dinheiro. A ansiedade faz com que tenhamos diversos sintomas físicos, em muitos casos ela faz o nosso corpo parar, como se “entrasse em pane”!

Contudo, é muito diferente de estar empolgado, como, por exemplo, ir viajar para fora do país e realizar um grande sonho. Naturalmente iremos ficar um pouco mais agitados dias antes ou, até mesmo, dormir um pouco mal no dia anterior, entre outras comportamentos.

Para quem tem filhos, é fácil ver isso quando no dia seguinte ele irá no passeio da escola. É bem interessante verificar que a empolgação está claramente ligada à algum evento positivo.

Qual é o motivo de tantas pessoas estarem tão ansiosas? Porque em diversas vezes estamos apenas empolgados e acabamos utilizando o termo ansiedade de forma tão abrangente?

Bom, a resposta da segunda pergunta é simples, 99% dos programas de TV falam apenas sobre ansiedade e nada mais, esquecem que faz parte ficar empolgado com as coisas, e sentir um pouco de ansiedade também é normal.

Já a resposta para a primeira pergunta vale uma reflexão, uma vez que todas as informações chegam para nós rapidamente, é natural que o movimento de não saber esperar comece a aparecer.

É possível observar que quando não há a informação e também não está ao alcance da pessoa, começam a aparecer sintomas de ansiedade. Mas como podemos perceber se a ansiedade sentida está sendo além do normal?

Uma forma é verificar o quanto ela está fazendo você deixar de realizar atividades ou ações devido ao fato de passar mal pela ansiedade, ou seja, o quanto você deixa as coisas de lado para se esquivar de tal sensação.

Perceber se sempre sente-se de forma tenso, preocupado, medo exagerado de algum objeto ou animal. E, claro, ir ao psicólogo, médico, psiquiatra, sempre será um melhor parâmetro para saber se há algo ou não.

O tratamento existe, e de diversas formas, mas não há uma “receita”, ou seja, ninguém irá conversar com você durante 2 minutos e plimmm você será curado. A ansiedade é um mal do novo século, e por diversas vezes irá afetar muitas pessoas, mas se procurarem um tratamento irão gerenciar melhor as suas emoções e assim suas ansiedades.

Que tal entrar em contato?