Pular para o conteúdo

Ansiedade no trabalho: como gerenciar o estresse de forma saudável

Cotidiano
Ansiedade no trabalho: como gerenciar o estresse de forma saudável

O ambiente de trabalho pode ser um local comum para o surgimento do estresse. Qualquer pessoa – mesmo aquelas mais calmas e serenas – podem se sentir sobrecarregadas com as demandas excessivas, prazos apertados, pressão por resultados e a constante necessidade de se manter produtivo.

A ansiedade, seguida do estresse, pode ter consequências negativas para a saúde mental. O estresse prolongado pode levar ao esgotamento emocional, resultando em sentimentos de exaustão, desmotivação e irritabilidade. Isso pode acabar desencadeando ou piorando condições de saúde mental, como depressão, por exemplo.

Quando ele se torna crônico, o estresse gera insatisfação profissional, diminuindo o engajamento e a motivação no trabalho. Não apenas isso, mas a pessoa também passa a ter problemas de ordem física, como dores de cabeça, problemas gastrointestinais, distúrbios do sono e enfraquecimento do sistema imunológico.

Felizmente, existem estratégias eficazes para gerenciar o estresse no trabalho e promover um ambiente mais saudável. Confira algumas dicas práticas:

Estabeleça limites

Por mais que você esteja focado no desenvolvimento de uma carreira, almejando uma promoção, é importante definir limites claros para si mesmo no trabalho. Esses limites (saudáveis) ajudarão a evitar o esgotamento e a sensação de estar sempre sob pressão. Dessa forma, aprenda a dizer “não”, quando estiver sobrecarregado, assim como estabelecer prioridades realistas, precisam ser uma prática comum. Além disso, identifique as tarefas mais importantes e concentre-se nelas, evitando o gasto de energia em tarefas menos relevantes.

Faça a gestão do tempo

Aprenda a gerenciar sua rotina de forma eficiente, utilizando ferramentas de gestão do tempo, priorizando as atividades mais importantes e estipulando prazos realistas. Hoje em dia, a falta de tempo para concluir as tarefas é uma das causas mais comuns de estresse no trabalho. Por isso, experimente planejar antecipadamente a sua semana, crie lista de tarefas e use cronogramas. Isso tudo evita aquela sensação de estar sempre correndo contra o tempo.

Peça ajuda

Não tenha medo de pedir ajuda a colegas de trabalho ou superiores. A comunicação aberta e assertiva é essencial para expressar suas necessidades e limitações, com esse hábito tem sido cada vez mais apreciado pelas empresas. Por isso, converse com seu supervisor sobre as demandas excessivas e veja se é possível redistribuir as tarefas ou obter recursos adicionais para facilitar o seu trabalho.

Cuide de si mesmo dentro e fora do trabalho

Reserve momentos ao longo do expediente para praticar técnicas de relaxamento, como a respiração profunda, a meditação ou o alongamento. Além disso, certifique-se de cuidar de si mesmo fora do trabalho. Isso inclui manter uma alimentação saudável, praticar exercícios físicos regularmente, dormir o suficiente e reservar tempo para atividades de lazer e hobbies. Essas práticas ajudam a recarregar as energias e fortalecer a resiliência emocional.

Se o estresse está começando a interferir significativamente em sua vida – tanto no lado profissional quanto pessoal – é importante buscar ajuda profissional. Um psicólogo especializado em questões relacionadas ao trabalho pode fornecer orientação e estratégias específicas para lidar com o estresse e a ansiedade.

Se você precisar de ajuda, você também pode entrar em contato comigo (clicando aqui!).

Tudo bem buscar ajuda!

Agende agora mesmo uma consulta e vamos conversar.

Yuri Busin