Pular para o conteúdo

Como lidar com a ansiedade de espera por uma vacina?

Após quase um ano de espera por uma vacina, o mundo começa a imunizar a população para conter a pandemia da Covid-19.

Para alguns, principalmente profissionais de saúde e idosos, a vacina para o novo coronavírus já foi aplicada, enquanto para outros ainda existe uma longa lista de espera, podendo se prolongar por meses pela frente.

Apesar de muitas cidades do Brasil começarem a adotar um ritmo de vida quase normal, a ansiedade pela lista de espera para a vacinação ainda pode prejudicar o bem-estar mental.

A pandemia ainda não acabou

As redes sociais e os noticiários podem estar inundados de imagens de pessoas sendo imunizadas.

A cena até pode inspirar esperança, mas é preciso ter em mente que a pandemia ainda não acabou e que ela ainda pode demorar algum tempo para ser totalmente controlada.

Portanto, ainda é preciso adotar protocolos de segurança sanitária do Ministério da Saúde para minimizar os riscos de contágio.

Ao mesmo tempo, é preciso reforçar o emocional, para que a ansiedade não piore e torne algo pior, como uma depressão.

Não é fácil, mas é possível controlar essa tensão. Confira as dicas abaixo.

1. Afaste-se das notícias sobre a Covid-19 ou vacinas

Ficar a todo momento vendo notícias sobre a progressão da pandemia ou lendo histórias de pessoas que foram imunizadas com doses da vacina não vai acelerar o cronograma de vacinação.

Por isso, deixe o celular de lado e opte por fazer outra atividade mais saudável.

Leia um livro de ficção, assista a algum filme que gosta, faça um curso online ou comece a praticar algum hobby.

Essas pequenas ações retiram o foco da sua mente na Covid-19 e ajuda a diminuir a tensão e estresse.

2. Experimente o estoicismo

O estoicismo é uma filosofia de vida que remonta ao tempo dos gregos antigos.

Entre os seus ensinamentos está a máxima que não devemos nos preocupar com coisas que não estão sob o nosso controle.

Trazendo esse conceito para o cotidiano, a velocidade que o novo coronavírus se espalha na população não está sob o seu controle. A fabricação de novas vacinas também não está sob o seu controle. A mesma coisa vale para o seu lugar na fila de imunização.

Então, por que gastar energia pensando em coisas que não é possível controlar?

Em vez disso, tenha foco nas coisas que você pode controlar, como usar máscara, manter o distanciamento social e evitar aglomerações.

Também está sob o seu controle ocupar a sua mente com pensamentos positivos.

3. Não caia no papo do negacionismo

Mesmo nos períodos mais difíceis da pandemia, você deve ter se deparado com conhecidos, amigos ou mesmo familiares que não estão respeitando as regras sanitárias.

Muitos deles já devem ter opinado ou mesmo criticado você por não sair de casa.

Se você tem evitado aglomerações ao máximo, eu só tenho uma coisa para te dizer: Você está certa!

Não sinta que você está sendo tola por manter o distanciamento social ou utilizar máscara.

Sua parte está sendo feita, protegendo a si mesmo, seus familiares e amigos, algo muito melhor que aqueles que estão se aglomerando.

Se possível, afaste-se de pessoas que propagam teorias negacionistas que a pandemia não é real, pois elas vão apenas lhe deixar mais angustiada e ansiosa.

4. Pratique a atenção plena

A ansiedade por uma vacina para a Covid-19 pode transformar-se rapidamente em um ciclo de pensamentos negativos.

Para sair desse vício prejudicial, tente praticar a atenção plena, também conhecida como mindfulness.

A técnica consiste em concentrar sua mente no momento presente, esquecendo problemas do passado e não se preocupando com o que pode acontecer no futuro.

A melhor maneira de alcançar o mindfulness é por meio da meditação.

Experimente meditar durante alguns minutos por dia e vá aumentando o tempo com o passar das semanas.

No começo é difícil limpar a mente de pensamentos ansiosos, mas com o tempo a atenção plena vai se tornando mais fácil.

Isto com certeza pode ser uma grande habilidade que você levará para a vida toda, algo positivo que você tirará desses tempos difíceis.

A pandemia tem sido algo extraordinariamente desafiador para a maioria das pessoas.

É absolutamente normal você estar se sentindo ansiosa. Por isso, também é absolutamente normal procurar ajuda com um psicólogo.

Se os pensamentos negativos estão se tornando difíceis de controlar, uma terapia online pode atenuar esse e outros possíveis transtornos mentais.

Por mais que muitas pessoas estejam preocupadas com a saúde física durante a quarentena, a saúde mental também deve ter um cuidado especial.

Portanto, reconheça a maneira como você se sente agora e, se precisar, busque ajuda.

Para aconselhamento psicológico online, você pode me encontrar clicando aqui!

Voltar ao topo