Pular para o conteúdo

5 sinais que seu filho sofre do transtorno de ansiedade

O transtorno de ansiedade está se tornando cada vez mais comum, principalmente na vida de crianças e jovens. Segundo estudo publicado no Psychology Today, o professor de psicologia Gregg Henriques, da James Madison University, apontou que entre um quarto e um terço dos estudantes universitários satisfaz os critérios de um diagnóstico de ansiedade ou depressão.

Isso ocorre, pois a adolescência é um período turbulento na vida das pessoas, decorrente das muitas mudanças corporais e sociais, tendo que lidar com as incertezas inerentes desse momento, além das pressões em relação a carreira e ao próprio desenvolvimento pessoal e profissional. Por esses e outros motivos é que o jovens são os mais suscetíveis a desenvolver o transtorno de ansiedade generalizada.

No geral, a ansiedade envolve vários aspectos, como componentes cognitivos, emocionais e comportamentais, dificultando o seu diagnóstico. Por isso, ao perceber os principais sintomas, é interessante buscar auxílio de um profissional da psicologia para encontrar o tratamento mais adequado.

Pensando nisso, no post de hoje, eu apresento os 5 sintomas mais comuns da ansiedade em crianças e jovens. Acompanhe!

1. Preocupação excessiva

No geral, a ansiedade acaba criando uma preocupação excessiva e desproporcional em relação a uma situação em específico. No caso dos jovens, principalmente os que estão em época de pré-vestibular ou no início da faculdade, a preocupação constante com as notas, o medo de fracassar e a insegurança quanto ao futuro acabam contribuindo para o quadro de ansiedade.

Há também uma pressão interna (e também dos pais) para que eles sejam aprovados, como se fosse necessário, com isso, comprovar as suas verdadeiras capacidades para si mesmo e para as outras pessoas.

2. Dificuldade de concentração

Um sintoma muito comum da ansiedade nos jovens é a dificuldade de concentração, assim como, uma grande agitação na realização de suas tarefas.

Isso está relacionado com preocupações, que geralmente possuem mais de um foco, fazendo com que seja difícil, em alguns casos, realizar simples atividades. No geral, alguns jovens com ansiedade, realizam uma tarefa já estando preocupados com as próximas por fazer.

3. Irritabilidade

Outro sintoma comum da ansiedade é a irritabilidade, ou seja, a facilidade em ficar bravo ou estressado, até mesmo com pequenos contratempos. Isso está relacionado com as preocupações e os medos, fazendo com que comportamentos agressivos ocorram.

É comum que mesmo percebendo esses comportamentos eles tenham dificuldade para se controlar ou deixar de agir dessa forma.

4. Distúrbio do sono

O distúrbio do sono também está presente como um indicativo de ansiedade na vida das crianças e adolescentes. No geral, esse distúrbio está relacionado com dificuldade de dormir no horário correto, dificuldades para pegar no sono ou manter um período de descanso saudável.

No geral, é comum que o sono seja agitado e sem consistência, fazendo com que o jovem fiquem acordando frequentemente durante a noite.

5. Cansaço constante

O sentimento de cansaço excessivo está presente como um sinal do transtorno de ansiedade, mesmo quando não se tenha realizado alguma atividade cansativa.

No geral, trata-se de um cansaço mental, pois na ansiedade é comum que se tenha muita atividade mental, pensando nas consequências de acontecimentos futuros (fantasias), ocorrendo gasto desnecessário de energia.

Além desses sintomas, é comum também que o adolescente sinta inquietação ou sensação de estar com os nervos à flor da pele, tendo muita tensão muscular.

E o seu filho, tem apresentado alguns desses sintomas? Gostaria de falar com um profissional para que seja possível reconhecer esses sintomas e lidar com as situações de uma maneira diferenciada, evitando que se transformem em um problema maior na vida do seu filho. Entre em contato comigo e marque uma consulta!

Voltar ao topo