No período escolar é muito comum os jovens aprenderem sobre a biologia do sexo, a legalidade do casamento, e talvez receber a indicação de algum livro romântico. No entanto, ninguém recebe aulas sobre comportamentos que dificultam o relacionamento.

Começar um namoro ou casamento é um jogo de tentativa e erro. E se você é como a maioria das pessoas, já deve ter errado muitas vezes.

Felizmente, tem havido muita pesquisa psicológica sobre relacionamentos saudáveis nas últimas décadas e existem dicas para ser feliz em um relacionamento, mas que a maioria das pessoas desconhece ou não seguem.

Por isso, neste artigo, você vai conhecer os 5 principais comportamentos tóxicos que podem estar deteriorando o seu relacionamento, sem ao menos você perceber.

1. Negligenciar amigos

No início de um relacionamento, é normal querer passar mais tempo com seu parceiro, mesmo que leve o casal a negligenciar seus familiares e amigos. No entanto, você não deve pressionar seu companheiro a sacrificar o tempo com os amigos para ficar com você.

Fazer o outro se sentir culpado pelo tempo que passa distante de você é algo injusto e doentio. Você não pode ser o centro da vida do seu parceiro. É importante que ele — e também você — faça conexões com pessoas fora do seu relacionamento.

2. Ter ciúmes

O ciúmes pode arruinar qualquer relacionamento. Para resolver o problema, a comunicação honesta é o primeiro passo. Se você tem ciúmes de seu parceiro, inicie uma conversa e explique porque se sente assim.

Porém, é importante ter limites nessa conversa, evitando perguntas indiscretas sobre antigos relacionamentos, comportamento nas redes sociais ou tentar controlar as interações do parceiro com outras pessoas. Você deve resolver a sua insegurança e construir a confiança no outro imediatamente.

3. Culpar o parceiro por suas emoções

Todo mundo tem um dia ruim e nem sempre o seu parceiro estará disposto a te apoiar naquele momento. Entretanto, culpar o parceiro por ser insensível quanto às suas emoções é uma forma sutil de egoísmo. Quando se começa a estabelecer um precedente de que seu companheiro é responsável por como você se sente em todos os momentos é o início de uma dependência emocional.

De repente, o outro não têm permissão para planejar atividades sem antes verificar com você. Assim que ambas as pessoas em um relacionamento se tornam culpadas pelo humor do outro, isso dá ao casal o incentivo para que ambos escondam seus verdadeiros sentimentos e manipulem um ao outro

Portanto, assuma a responsabilidade por suas próprias emoções e espere que seu parceiro seja responsável pelas dele.

 

4. Possuir diferentes hábitos de consumo

Geralmente, o dinheiro é um dos principais motivos sobre as quais os casais brigam. Opiniões divergentes sobre finanças podem começar a afetar coisas como as contas domésticas, aluguel e assim por diante.

Não destrua um relacionamento só porque você está estressado com a falta de dinheiro ou não gosta da maneira como seu parceiro lida com ele. Em vez disso, use da empatia e experimente falar com ele sobre o tema antes que ele fique fora de controle.

5. Evitar uma conversa

Até mesmo os casais mais saudáveis terão altos e baixos, com momentos em que não se “entendem” entre si. Entretanto, se a comunicação não parecer pelo menos relativamente fácil desde o início, as coisas provavelmente só vão piorar. A falta de comunicação acaba prejudicando o relacionamento.

A comunicação aberta e honesta é algo em que você precisa trabalhar durante todo a sua relação. Você não pode criar uma conexão saudável se não estiver ouvindo o parceiro ou respeitando a opinião do outro.

Embora seja possível evitar maus hábitos, tenha em mente que alguns problemas podem piorar com o tempo. Quanto mais cedo você perceber esses comportamentos que dificultam o relacionamento e começar a fazer mudanças, melhor será a vida a dois.

Gostou das dicas de como identificar comportamentos que dificultam o relacionamento? Está precisando de apoio psicológico para diminuir hábitos tóxicos? Marque agora mesmo uma consulta com um psicólogo!