Pular para o conteúdo

5 atitudes que podem melhorar a sua produtividade

A internet está cheia de artigos e vídeos explorando diferentes maneiras de gerenciamento de tempo, aumento da produtividade e redução da procrastinação. Entretanto, a maioria das pessoas falha em colocar as dicas aprendidas.

Muitas vezes, somos o nosso pior inimigo. A pessoa consciente ou inconscientemente se autossabota nesse processo de ser mais produtivo.

Por mais que ela se esforce, a lista de tarefas não para de crescer.

No entanto, se você quiser evitar esse comportamento, experimente seguir as dicas abaixo.

1. Defina prioridades

A primeira coisa que você precisa fazer é definir quais são as suas prioridades. E aqui eu não estou falando em escolher as tarefas urgentes.

Definir prioridades significa quais são aquelas tarefas que vão te ajudar a chegar mais rápido aos seus objetivos.

Para isso, você precisa traçar um caminho em direção ao seu objetivo e focar naquilo que realmente vai trazer um retorno real no médio e longo prazo.

Já aquelas tarefas que te afastam desse caminho, é hora de deixá-las de lado ou, no máximo, delegar para outra pessoa.

2. Gerencie a sua atenção

É comum as pessoas reclamarem que 24 horas é muito pouco para se atingir o sucesso. Mas, como outras pessoas conseguem alcançar objetivos tendo o mesmo tempo que todo mundo tem?

A resposta é no que você está direcionando a sua atenção. E, principalmente, no que você está perdendo tempo.

Sabe aquela uma hora que você dedica diariamente para rolar a timeline de redes sociais. Muitas vezes, essa hora pode se tornar facilmente em várias horas. Esse tempo não poderia ser investido em um projeto pessoal?

Basicamente, o caminho para ser mais produtivo é ser mais proativo e não tanto reativo. É decidir para onde você quer ir e erradicar maus hábitos que apenas consomem o seu tempo e te afastam das suas metas.

3. Crie um sistema de recompensas

É claro, a vida não é só trabalhar. Todo mundo precisa de períodos de lazer e descontração. Por isso, que tal criar um sistema de recompensas, que te ajudam a manter focado no horário de trabalho, além de ser um impulso para a motivação.

Funciona assim: toda vez que você conseguir executar uma série de tarefas, você se recompensará com algo que gosta ou quer muito. Pode ser uma ida ao cinema, ir a um restaurante que você gosta, sair com amigos ou comprar algo. Por outro lado, se não conseguir completar as tarefas, você terá que ter disciplina para não receber esses benefícios.

A técnica pode ser usada principalmente se você anda desanimado e sem vontade de trabalhar. Esse condicionamento pode te motivar a terminar as suas tarefas o mais rápido possível para conseguir a recompensa.

4. Faça pausas

Por mais que você esteja motivado e cheio de coisas a fazer, não esqueça de fazer pausas no trabalho para descansar. Há pessoas que sacrificam até o horário do almoço para trabalhar mais.

No curto prazo, esse ritmo frenético de trabalho pode funcionar. Porém, no médio e longo prazo, essa vida acelerada terá um custo, que será refletido na sua saúde física e mental.

As pausas são essenciais para a produtividade. Precisamos desses intervalos para descomprimir, descansar e recarregar. Também podemos usar esses períodos de calmaria para processar tudo o que está acontecendo ao nosso redor. E, eles nos dão a chance de reabastecer para ter resistência e energia mental para passar o resto do dia.

5. Aceite o fracasso

Finalmente, não tenha medo do fracasso. Você deve aceitá-lo e tirar proveito da situação.

Eu sei que não é divertido fracassar em um projeto. Porém, fracassar é uma das melhores maneiras de aprender e crescer.

Se você está utilizando técnicas para melhorar a sua produtividade e não está tendo sucesso, é hora de parar e refletir porque elas não estão funcionando.

Você pode aproveitar essa experiência dolorosa e usá-la a seu favor para se tornar uma pessoa mais inteligente, mais forte e, é claro, mais produtiva.

Para mais dicas de saúde mental, confira o meu perfil no Instagram @dryuribusin!

Voltar ao topo